PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Carnaval: Por covid-19, capitais cancelam festas e pontos facultativos

25.fev.2020 - Foliões se divertem ao som de frevos e marchinhas no Ibirapuera, em SP - Marcelo Justo/UOL
25.fev.2020 - Foliões se divertem ao som de frevos e marchinhas no Ibirapuera, em SP Imagem: Marcelo Justo/UOL
do UOL

Guilherme Botacini

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/01/2021 04h00Atualizada em 01/02/2021 16h54

Desde meados de 2020, com a vacinação ainda distante e uma primeira onda já intensa da pandemia do novo coronavírus, o Brasil se preparava para a suspensão do Carnaval de 2021.

Falou-se em novas datas e adiamentos, mas não teve jeito: diante do agravamento da pandemia, o Carnaval de 2021 foi suspenso por todo o país e segue sem data prevista para retorno.

Grandes capitais cancelaram oficialmente as festas entre dezembro e janeiro. Algumas ainda não definiram a situação dos feriados e pontos facultativos da semana em que seria o Carnaval neste ano, entre os dias 15 e 17 de fevereiro.

Outras, por outro lado, já suspenderam os pontos facultativos e devem tratar o período como uma semana normal, no intuito de evitar viagens e aglomerações.

Em Fortaleza, por exemplo, festas públicas e privadas, em locais abertos e fechados estão proibidas por determinação estadual. Os pontos facultativos também foram cancelados por decisão do governador Camilo Santana (PT).

No Rio de Janeiro, a prefeitura cancelou o ponto facultativo.

Veja como fica a situação das principais capitais

Rio de Janeiro

Após a mudança dos desfiles para julho, anunciada pela Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro), o prefeito Eduardo Paes (DEM) assumiu que a festa não aconteceria nem no meio do ano.

Nas redes sociais, Paes disse que "não fazia sentido" imaginar que a cidade teria condições para realizar o Carnaval em julho.

O ponto facultativo na segunda (15) também foi cancelado.

Salvador

As festividades de Carnaval estão canceladas na capital baiana. O governador Rui Costa (PT), no entanto, afirmou à imprensa que não haverá qualquer incentivo a comemorações de Carnaval no estado.

Além disso, decisão conjunta do governo e da Prefeitura de Salvador anunciou nesta terça (26) o cancelamento do ponto facultativo de segunda, terça e quarta (17) da semana do Carnaval.

São Paulo

O estado e a prefeitura de São Paulo adiaram o Carnaval e cancelaram os pontos facultativos para evitar novas contaminações pela covid-19. A semana do carnaval, portanto, será de expediente regular. Não há previsão de novas datas para as festas.

A decisão foi justificada pelo governador João Doria como recomendação do Centro de Contingência do Coronavírus.

A Prefeitura de São Paulo adiou o Carnaval na cidade e decidiu cancelar os pontos facultativos para tentar evitar novas contaminações pelo coronavírus.

Também não há previsão de novas datas para as celebrações.

São Luiz do Paraitinga (SP)

O tradicional Carnaval de marchinhas de São Luiz do Paraitinga (170 km de São Paulo) vai acontecer de forma virtual neste ano. A cidade de cerca de 10,5 mil habitantes recebeu 80 mil foliões no Carnaval de 2020.

Com o cancelamento das festas presenciais, bandas que costumam tocar na cidade participarão de apresentações virtuais e sem público, que serão divulgadas pela prefeitura da cidade.

A decisão de Doria também afeta a cidade.

Belo Horizonte

Em Belo Horizonte, o prefeito Alexandre Kalil (PSD) havia afirmado ser "birutice" pensar em Carnaval em 2021. Estão suspensas todas as autorizações para eventos públicos e privados de Carnaval, incluindo desfiles de blocos e escolas de samba.

A Prefeitura de Belo Horizonte também afirma que não haverá ponto facultativo durante a semana de Carnaval.

Fortaleza

Festas e eventos comemorativos de Carnaval, públicos ou privados, também estão suspensos em Fortaleza. O governador Camilo Santana (PT) cancelou o ponto facultativo na segunda e terça de Carnaval em todo o Ceará.

Recife

O Carnaval da capital pernambucana foi suspenso oficialmente em janeiro. O governo estadual anunciou, ainda, que os pontos facultativos estão cancelados.

Olinda, antiga capital e cidade próxima do Recife, que tem festa tradicional de carnaval, também cancelou a festa.

Florianópolis

A prefeitura da capital catarinense cancelou em dezembro o Carnaval na cidade, o que inclui eventos privados e desfiles de escolas de samba e blocos de rua.

Também não haverá ponto facultativo na semana de Carnaval.

Notícias