PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Cantor, ator e... piloto? Como lições das pistas podem guiar Fiuk no BBB 21

Fiuk e seus dois Nissan 350Z - Reprodução
Fiuk e seus dois Nissan 350Z Imagem: Reprodução
do UOL

José Antonio Leme

Do UOL, em São Paulo

27/01/2021 04h00

Filipe Kartalian Ayrosa Galvão, mais conhecido como Fiuk, estreou na última segunda-feira (25) no Big Brother Brasil 21 e já se mostrou um dos queridinhos do público para a disputa pelo prêmio milionário nos próximos meses. Além de cantor, ator, filho de Fábio Jr. e irmão de Cleo, ele também leva para a casa mais vigiada do país atributos pouco conhecidos: a paixão por carros e as experiências como piloto de drift.

Essa modalidade de competição é quando o piloto tem que realizar derrapagens controladas com o carro em circuitos travados - vence e marca mais pontos quem mostra mais habilidade e controle do veículo. Agora a questão é: como as habilidades necessárias como piloto podem ajudar Fiuk na disputa do Big Brother Brasil?

Controle

Assim como na pista, em que o controle é primordial para manter o carro na trajetória correta enquanto derrapa, Fiuk terá que ter esse controle para escapar das ciladas que os 100 dias de confinamento irão colocar sobre o artista.

E o controle também está associado ao uso da embreagem no drift, para modular a potência e a entrega. No reality show, o controle pode fazer com que ele domine a narrativa, para os demais participantes e também para o público votante aqui fora.

Frenagem

No drift, saber usar o freio é primordial para apontar o carro corretamente na entrada das curvas e fazer a transição de uma para outra em direções opostas.

Dentro do programa, pode ajudar Fiuk a saber usar o freio na condução de sua trajetória na casa para saber a hora de parar ou fazer uma mudança de rota.

Aceleração

Tão importante quanto usar o freio na quantidade adequada no drift é saber utilizar o acelerador na mesma quantidade. É acelerando que os pneus derrapam e fazem o carro gerar toda a fumaça que faz parte do show (e vale pontos) do drift.

No confinamento do BBB 21, ele terá que saber o momento de tomar uma decisão mais rápida ou "acelerar", seja para atender o big fone ou para garantir o apoio do público aqui fora.

Técnica

Além de entender como dominar a parte mecânica do carro, é importante aprender a técnica e saber bem o que funciona ou não para executar as manobras com talento, além de quais podem render mais pontos.

Dentro da casa, Fiuk pode usar técnicas que já funcionaram com sua ex-namorada Manu Gavassi na temporada passada e a levaram a final: ser simpático, jogar para o público aqui fora e deixar muito conteúdo pré-programa pronto para usar nas redes quando for preciso.

Trajetória

Tanto no drift quanto no BBB, a trajetória ideal não existe, mas ela pode ser criada dentro da sua cabeça, antes mesmo da manobra ser realizada.

Na pista, é importante saber as curvas e entender qual trajetória pode ser aplicada naquele trecho usando uma combinação dos fatores acima, mesmo que seja necessário fazer correções no caminho.

No BBB 21, a trajetória pode até ser programada antes, mas talvez você precise de correções ao longo do caminho para garantir sua chegada à final.

Fiuk e seu Ford Mustang - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Fiuk e o drift

Fiuk começou no mundo do drift há quase dez anos. O primeiro carro que o ator levou para as pistas foi um Nissan Skyline R34. O modelo é um dos mais cultuados no segmento de carros japoneses, os preferidos para a modalidade.

Originalmente o carro tem cerca de 280 cv no motor seis cilindros em linha, mas o modelo de Fiuk, com preparações, rendia cerca de 400 cv. Foi com esse carro que ele se envolveu em um acidente em Barueri (SP). O carro não poderia rodar na rua por ter direção na mão inglesa (no lado direito do painel).

Atualmente, Fiuk aposta em outro Nissan também cultuado para o drift, o 350Z. O esportivo tem motor V6 3.5 que entrega 312 cv. Como aconteceu com o outro modelo, Fiuk também realizou preparações no cupê. Foi com esse carro que ele participou da celebração a Ayrton Senna, em São Paulo, em novembro de 2019.

O artista ainda tem na garagem um Ford Mustang, de duas gerações atrás. Como os Nissans, o modelo também recebeu preparações, mas dessa vez mais leves para servir como "carro de uso diário", segundo Fiuk.

Todo esse amor pelo drift levou Fiuk a criar um evento chamado "Drift Meet", para outros pilotos e amigos, que conta com exposição de veículos associados ao mundo do drift. Nos eventos, além das disputas, há festas e outras apresentações como saltos de motocicleta (freestyle).

Notícias