PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

EUA: luzes do Monumento de Washington apagam; autoridades buscam explicação

As luzes do Monumento de Washington se apagaram no domingo (24)  - Wikimedia Commons
As luzes do Monumento de Washington se apagaram no domingo (24) Imagem: Wikimedia Commons
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/01/2021 10h16

As luzes do famoso Monumento de Washington, localizado no parque Constitution Gardens, nos Estados Unidos, se apagaram repentinamente ontem, confirmou o serviço National Mall, que administra diversas esculturas de importância histórica norte-americanas.

A unidade administrativa comentou o episódio no Twitter, depois que vários usuários questionaram o que teria ocorrido com o enorme obelisco que é ponto turístico em Washington, D.C.

"As luzes externas do Monumento de Washington estão apagadas", escreveu o National Mall, na noite de domingo. "Estamos investigando e vamos restaurá-las o mais rápido possível."

Ainda não foi divulgado o motivo da interrupção das luzes do monumento, mas o acontecimento gerou vários comentários por parte de internautas.

"Muito estranho ver as luzes apagadas no Monumento a Washington. O lado leste parece ser mais brilhante — tudo muito estranho", comentou uma usuária.

Outro considerou a situação um tanto quanto assustadora. "O Monumento de Washington não está acesso esta noite por qualquer motivo e é super horripilante", escreveu.

Um dia antes das luzes se apagarem, a National Mall havia anunciado o fechamento do Monumento de Washington para "proteger a equipe [que trabalha no local] e os visitantes da covid-19".

"O fechamento é consistente com a orientação local e federal, incluindo [normas do] CDC [Centros de Controle e Prevenção de Doenças] e com consulta do NPS Office of Public Health [Escritório de Saúde Pública NPS]", escreveu a unidade.

Anteriormente, no dia 11 de janeiro, o monumento e os arredores foram fechados como medida de segurança para a cerimônia da tomada da posse do Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden.

Notícias