PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Senado dos EUA confirma Lloyd Austin como 1º negro a comandar o Pentágono

22/01/2021 18h12

Washington, 22 jan (EFE).- Em votação histórica, o Senado dos Estados Unidos confirmou nesta sexta-feira o general Lloyd Austin como novo secretário de Defesa, tornando-se o primeiro negro à frente do Pentágono e o segundo membro oficial do gabinete do presidente Joe Biden.

A nomeação de Austin teve ampla aprovação, tanto de democratas como de republicanos, recebendo 93 votos a favor e apenas dois contra.

"É uma honra e um privilégio servir como o 28º Secretário de Defesa de nosso país e estou especialmente orgulhoso de ser o primeiro negro a ocupar o cargo. Vamos trabalhar", disse ele em mensagem no Twitter.

Durante sua audiência de confirmação no início desta semana, Austin discutiu o papel das tropas americanas em todo o mundo e disse que deveriam concentrar seus esforços na Ásia, considerando a China como o "desafio mais significativo" e descreveu o Irã como "uma força desestabilizadora".

Sobre o Afeganistão, ele indicou que gostaria de ver este conflito terminar como um acordo negociado.

"Acho que vamos fazer todos os esforços possíveis para garantir que isso aconteça", enfatizou ele sobre a guerra mais longa em que os EUA estiveram envolvidos, quase duas décadas.

"Sou de opinião que este conflito deve chegar ao fim", acrescentou, "Devemos ver que um acordo seja alcançado e, como o presidente Biden quer ver, penso que queremos ver no futuro um Afeganistão que não represente uma ameaça para os Estados Unidos".

Na véspera de sua saída da Casa Branca, Trump destacou na terça-feira, em um discurso gravado em vídeo, seu "orgulho" de ser "o primeiro presidente em décadas que não iniciou novas guerras".

Durante seu mandato, a política de defesa de Trump foi marcada pela retirada de tropas de áreas de operação como Síria, Iraque, Somália e Afeganistão.

Notícias