PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Não tem condições de realizar o Carnaval no Rio em julho, diz prefeito Eduardo Paes

21/01/2021 19h08

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Não será possível realizar o Carnaval em julho, afirmou nesta quinta-feira o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, em meio à aceleração das infecções por coronavírus no Brasil e com o estoque de vacinas ainda escasso no maior.

Eduardo Paes afirmou em sua conta no Twitter que está ciente dos benefícios econômicos e culturais que o Carnaval, que seria celebrado para o próximo mês, traz à cidade. Mas afirmou que não há condições de realizá-la, nem mesmo no meio do ano.

“Parece sem sentido imaginar a esta altura que teremos condições de realizar o Carnaval em julho”, disse, pelo Twitter, em um fio com fotos do prefeito em carnavais passados. “Dessa forma, gostaria de informar que não teremos Carnaval no meio do ano em 2021.”

Segundo Paes, o Carnaval exige uma grande preparação por parte dos órgãos públicos e das agremiações e instituições ligadas ao samba. "Algo impossível de se fazer nesse momento."

O mais recente adiamento das celebrações deste ano não é uma surpresa. O Brasil, que vive um novo avanço da pandemia, é o segundo país com maior número de mortes por coronavírus no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, e o terceiro em casos, abaixo dos EUA e da Índia.

Ao mesmo tempo, o governo enfrenta cada vez mais pressão pelo ritmo lento da vacinação.

Em setembro, as escolas de samba do Rio de Janeiro decidiram adiar as comemorações do Carnaval. A Liesa, liga independente do samba, não deu uma nova data, dizendo que dependeria da vacina.

(Reportagem de Gabriel Stargardter)

Notícias