PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Piloto britânico deixa hospital após 243 dias internado por covid

O piloto britânico Nicholas Synnott comemora sua saída de hospital nos EUA após 243 dias internado após contrair a covid-19 - Reprodução/Sky News
O piloto britânico Nicholas Synnott comemora sua saída de hospital nos EUA após 243 dias internado após contrair a covid-19 Imagem: Reprodução/Sky News
do UOL

Do UOL, em São Paulo

19/01/2021 09h55

O piloto britânico Nicholas Synnott, de 59 anos, deixou ontem o hospital em Houston, nos Estados Unidos, depois de passar 243 internado após ser diagnosticado com covid-19.

Synnott é piloto da British Airways e ficou doente após uma viagem de trabalho para Houston, no Texas, em março do ano passado. As complicações provocadas pela doença prolongaram a sua internação. Ele teve alta pouco antes do Natal e voltou para casa em Betchworth, em Surrey.

Diagnosticado com a covid-19, ele foi internado no hospital Health and Memorial Hermann e precisou usar um ventilação mecânica e uma máquina de ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea), já que seu coração e o pulmão estavam muito debilitados.

"Cada órgão de seu corpo foi afetado pela covid-19. Mas, como a saúde dele era boa antes da doença, ele conseguiu superar isso", disse o médico Biswajit Kar, que atendeu o piloto, em entrevista ao programa "ABC 30 News", da rede ABC.

Fotos divulgadas pela equipe do hospital mostram Synnott socando o ar e abraçando os profissionais de saúde no dia de sua alta.

Ele contou à emissora que pretende voltar a Houston para conhecer zoológico da cidade, local que ele observava todos os dias da janela do seu quarto de hospital.

Notícias