PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Biden se despede de Delaware de forma emotiva e viaja a Washington para posse

19/01/2021 22h04

Washington, 19 jan (EFE).- Sem esconder as lágrimas, o presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, despediu-se nesta terça-feira de Delaware, estado onde mora e que representou por mais de três décadas no Senado, para viajar a Washington, onde tomará posse amanhã.

Biden fez um breve discurso antes de embarcar rumo à capital americana em um avião privado, em vez de em um avião do governo, como é tradição dos presidentes eleitos, de acordo com a rede "CNN".

"Serei sempre um filho orgulhoso do estado de Delaware. Quando eu morrer, Delaware estará escrito em meu coração", disse um emocionado Biden àqueles que se reuniram para vê-lo no aeroporto de New Castle.

O presidente eleito agradeceu ao estado onde lançou sua carreira política e pelo qual foi eleito para o Senado em 1972. Foi lá também que conheceu sua segunda esposa, Jill, e viu sua família crescer.

"Foi aqui que, há 12 anos, esperei na estação de trem em Wilmington para que um homem negro (Barack Obama) me buscasse a caminho de Washington, para nos tornarmos presidente e vice-presidente dos Estados Unidos", lembrou ele em referência à posse de 2009.

"E de onde, hoje, minha família e eu vamos voltar a Washington, para encontrar uma mulher negra de raízes do sul da Ásia (Kamala Harris), e tomarmos posse como presidente e vice-presidente dos Estados Unidos", acrescentou.

Alguns minutos depois, Biden e sua esposa Jill acenaram do avião antes da decolagem.

A equipe de transição não esclareceu por que Biden não utilizou um dos aviões presidenciais normalmente colocados à disposição dos funcionários eleitos para sua viagem à capital, e se foi uma decisão do próprio presidente eleito, de acordo com a "CNN".

O plano inicial de Biden era viajar de trem, o meio de transporte que ele utilizava diariamente durante seus muitos anos no Senado para voltar à cidade de Wilmington, mas sua equipe descartou essa possibilidade por razões de segurança, após o ataque ao Capitólio em 6 de janeiro.

Biden tomará posse como presidente dos Estados Unidos nesta quarta-feira às 14h (de Brasília), em uma cerimônia no Capitólio com quase nenhum público devido à pandemia de covid-19 e sob rigorosas medidas de segurança. EFE

llb/id

Notícias