PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Pazuello envia convite para "ato simbólico" de recebimento da vacina, em SP

"Partiu, SP!": governadora do Rio Grande do Norte, Fatima Bezerra, posta do avião ao embarcar para São Paulo neste domingo (17) - Redes sociais
"Partiu, SP!": governadora do Rio Grande do Norte, Fatima Bezerra, posta do avião ao embarcar para São Paulo neste domingo (17) Imagem: Redes sociais

17/01/2021 18h14

Resumo da notícia

  • Ministro da Saúde distribuiu convites a governadores para "ato simbólico de recebimento das vacinas"
  • Governadores, como a do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), publicou no Twitter cópia do convite
  • No ato marcado para Guarulhos (SP), está prevista divisão de lotes das doses da Coronavac entre os estados

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, distribuiu convites aos governadores dos Estados para que eles participem, na manhã de segunda-feira, 18, do que a pasta está chamando de "ato simbólico de recebimento das vacinas".

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), publicou no Twitter a cópia da mensagem enviada pela pasta. "Acabo de receber do Ministério da Saúde o convite para o ato simbólico de entrega das vacinas que iniciarão a imunização dos brasileiros e brasileiras", disse.

No ato marcado para Guarulhos (SP), está prevista a divisão dos lotes de 6 milhões de doses da Coronavac que começarão a ser distribuídos proporcionalmente para os Estados. Até o momento, o ministério não informou a quantidade a ser enviada para cada local. A pasta diz que a vacinação nacional começa na quarta-feira, 20.

Mais cedo, em pronunciamento no Rio de Janeiro, Eduardo Pazuello, disse que os carregamentos seriam identificados com as bandeiras dos Estados. Na mesma oportunidade, ele criticou o que chamou de "jogada de marketing" do governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

O tucano abriu a imunização na capital paulista tão logo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o pedido para uso emergencial da Coronavac e da vacina desenvolvida pela Universidade de OXford e pela farmacêutica AstraZeneca.

Notícias