PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Rui Costa entra com ação no STF para compra direta de vacina russa

Rui Costa criticou o governo federal - Paula Fróes/GOVBA
Rui Costa criticou o governo federal Imagem: Paula Fróes/GOVBA
do UOL

Colaboração para o UOL

15/01/2021 11h42

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), quer comprar diretamente a vacina russa, Sputnik V, sem intermediação do governo federal. Ele citou que já tem um acordo de cooperação, que foi anunciado no ano passado, e por isso entrará agora com ação no STF (Supremo Tribunal Federal).

"Determinei à Procuradoria Geral do Estado da Bahia que ingresse com uma ação no Supremo Tribunal Federal para que possamos efetivar a compra direta da vacina russa Sputnik V, com a qual já assinamos um acordo de cooperação para o fornecimento de até 50 milhões de doses", escreveu Rui Costa no Twitter.

O governador baiano criticou o governo federal, afirmando que "eles não têm capacidade de fazer nada" e que deviam pedir demissão ou renunciar.

"Não podemos assistir passivamente baianos e brasileiros morrendo diariamente diante da incapacidade do Governo Federal. Se eles não têm capacidade de fazer nada, melhor que peçam demissão ou renunciem. O povo brasileiro não merece ser maltratado e humilhado. Precisamos reagir!", convocou Rui Costa.

Horas antes, o governador também informou que a Bahia terá mais de 5 mil salas de vacina e 50 mil profissionais de saúde. Ele também prometeu a distribuição imediata de 10,2 milhões de seringas e agulhas.

O governo federal chegou a se reunir com fabricantes da Sputnik V, mas por enquanto só comprou doses da vacina da AstraZeneca, desenvolvida em parceria com a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), e da CoronaVac, desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan. Ambas fizeram pedido para uso emergencial e devem receber uma resposta da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) até domingo.

A vacina russa está sendo desenvolvida pelo Instituto de Pesquisa Gamaleya, de Moscou, e comercializada pelo Fundo Russo de Investimento Direto.

Notícias