PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Rio tem mais 10 regiões com risco alto de contágio por covid em uma semana

Bandeira de "alto risco" em praia do Rio de Janeiro durante pandemia do novo coronavírus - Bruna Prado/Getty Images
Bandeira de "alto risco" em praia do Rio de Janeiro durante pandemia do novo coronavírus Imagem: Bruna Prado/Getty Images
do UOL

15/01/2021 12h21

O número elevado de contágios pela covid-19 fez com que mais 10 regiões do Rio de Janeiro fossem classificadas com risco alto para a transmissão da doença. As informações foram divulgadas na manhã de hoje pela Prefeitura do Rio. Agora, 28 regiões administrativas (RAs) do total de 33 existentes na cidade estão em alerta. A mudança no status de contaminação mudou em apenas uma semana.

Ao todo, cinco regiões são consideradas com risco moderado e quatro delas são favelas. A Rocinha, o Jacarezinho, o Complexo do Alemão e a Maré estão nessa lista, junto com o bairro do Realengo, localizado na zona oeste do Rio e estava antes na lista de taxa de alto risco.

As regiões de alto risco estavam listadas no risco moderado na semana anterior. Agora, o comércio e os serviços das regiões sofreram alterações no funcionamento para evitar a propagação da covid-19. Confira quais são:

  • Portuária
  • São Cristóvão
  • Ramos
  • Penha
  • Inhaúma
  • Jacarepaguá
  • Ilha do Governador
  • Guaratiba
  • Vigário Geral
  • Cidade de Deus

Crise na saúde após festas de final de ano

A cidade do Rio de Janeiro lidera o ranking nacional de taxa de mortalidade de covid-19 no país. A ocupação das UTIs pra covid na rede pública está atingindo os limites, segundo um balanço feito pelo Observatório Covid-19 ligado à Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz). Ao todo, 21 estados estão na lista dos que estão hoje em níveis médio ou críticos de ocupação.

Os números que se aproximam da situação atual do Brasil hoje são de julho de 2020, quando havia apenas 3 registros de taxas de ocupações críticas, 15 como médias e 9 em baixo.

Notícias