PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Descontos e poucas opções: como é comprar Ka ou Ecosport após adeus da Ford

do UOL

Fernando Miragaya

Colaboração para o UOL

15/01/2021 04h00

Dias depois de a Ford anunciar o encerramento de sua produção no país, Ka, Ka Sedan e EcoSport já entraram em promoção em muitas concessionárias da marca, ao mesmo tempo em que algumas versões já começam a sumir do estoque.

A reportagem de UOL Carros fez uma pesquisa, como cliente, em 10 revendas, sete em São Paulo e três no Rio, à procura dos três modelos que deixaram de ser fabricados em Camaçari (BA).

Em alguns lugares, os abatimentos chegam a quase 10%. A média, porém, foi de 5% de desconto na comparação com o preço de tabela. Porém, muitas revendas sinalizaram que os estoques já começaram a diminuir e, em alguns casos, já não existem unidades disponíveis de determinadas versões. É o caso da linha Ka Sedan com câmbio automático. Nenhuma das concessionárias paulistanas tinha o modelo para venda.

Ka

No que diz respeito ao hatch, ainda há boa oferta dos modelos. Contudo, segundo os vendedores, o estoque está baixo para as variantes automáticas. Em São Paulo, a configuração SE Plus 1.5 com câmbio automático de seis marchas é negociada por R$ 65.900, 3% menor que o preço público sugerido de R$ 68.090. No Rio, só havia uma unidade branca desta mesma versão com desconto pouco maior, de quase 5%, por R$ 64.700.

Em relações às versões 1.0, uma rede grande de revendas da Ford dispunha de 10 unidades do hatch em São Paulo. Contudo, em outra só havia três carros da versão SE Plus 1.0. Com abatimento também na casa dos 5%, era oferecido a R$ 53.900, contra os R$ 56.790 originais. Já a opção Freestyle 1.0 também está nas últimas. Uma concessionária da capital paulista tem um "filho único" com preço de R$ 59.900, -5% que na tabela de R$ 63.090.

Ka Sedan

Em São Paulo o Ka Sedan com câmbio automático é peça rara, já que nenhuma loja consultada tinha o modelo. Mesmo no Rio, só duas lojas dispunham do carro com caixa automática de seis velocidades - e, mesmo assim, apenas uma unidade. Porém, o desconto não era dos melhores: bônus de R$ 1 mil, e o SE Plus 1.5 AT preto saía R$ 67.490.

De volta a São Paulo, uma das lojas consultadas tinha só o Sedan SE 1.5 manual, mas apenas duas unidades, com desconto de 7%: de R$ 64.590 por R$ 59.900. O jeito foi recorrer ao três-volumes com motor 1.0 e câmbio manual. A configuração SE de entrada, que custa R$ 57.590, na promoção era negociada a R$ 54.700 (abatimento de 5%). Já em outras lojas, as SE Plus tinham sido todas vendidas.

EcoSport

O pioneiro entre os utilitários genuinamente urbanos e que foi o mais vendido da categoria por mais de uma década ainda tem uma relativa quantidade em estoque. E é o modelo que acena com melhores descontos. A versão intermediária (e mais popular) Freestyle, com motor 1.5, transmissão automática e pintura metálica pode sair por R$ 89.900, enquanto o valor oficial é R$ 96.900, redução de 7%.

Já a SE 1.5 AT, também com pintura metálica, que custa R$ 87.900 no preço de tabela, é comercializado a R$ 80.900, quase 8% de desconto. Em outras lojas os abatimentos eram menos, todavia, quando citei a oferta da loja concorente, os vendedores garantiram desconto de 10% caso fôssemos às revendas pessoalmente

Na linha do SUV, porém, conforme se sobe a régua, diminuem os estoques e os descontos. Em revendas cariocas, a Freestyle só aparecia no acervo das lojas com duas unidades, no máximo - entre opções manual e automática.

Nas lojas paulistanas são poucas as ofertas de versões topo de linha do EcoSport. Em uma delas, já não há mais a Storm, de R$ 115.190. Um estabelecimento ainda tinha uma unidade no show room deste modelo mais caro da gama, que usa motor 2.0 e tração 4x4, por R$ 110.500, 4% de desconto. Em outro, o Eco Titanium era oferecido ao preço de R$ 99.500, menos 4,5% na comparação com os R$ 104.100 de tabela. Também só tinha um para contar história.

Notícias