PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Homem se diz enganado e processa empresa por fazer pães nos EUA; entenda

Um homem de Nova York processou a fabricante de pães doces King"s Hawaiian - Wikimedia Commons
Um homem de Nova York processou a fabricante de pães doces King's Hawaiian Imagem: Wikimedia Commons
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/01/2021 11h56

Um homem do estado de Nova York, nos Estados Unidos, abriu um processo judicial inusitado contra a fabricante de pães doces King's Hawaiian. Ele alega que a companhia engana os consumidores induzindo-os a crer que seus pãezinhos açucarados são fabricados no Havaí, quando na verdade são produzidos na Califórnia.

O site local HawaiiNewsNow divulgou informações da ação judicial coletiva ingressada por Robert Galinsky, morador da cidade de Yonkers. Ele diz que as embalagens dos produtos da King's Hawaiian dizem "Hilo, Havaí", o que levaria os consumidores a acreditarem que os pães são de origem havaiana.

Outro argumento usado por Galinsky é que a companhia "é a principal vendedora de pãezinhos havaianos e, essencialmente, inventou essa categoria de alimentos".

"Para muitos consumidores, a autenticidade superou a qualidade como critério de compra predominante", contextualizou o homem. "A intenção fraudulenta da King's Hawaiian é evidenciada por sua falha em identificar com precisão o local de origem imediato do produto", disse.

Anteriormente, a King's Hawaiian já processou outras marcas que utilizassem a frase "rolos havaianos" em ações de marketing. Uma das entidades processadas foi a concorrente, Aldi, uma famosa varejista de alimentos nos Estados Unidos.

Agora que é alvo de uma ação judicial, a King's Hawaiian ainda não comentou o caso. Mas o site da empresa diz que os rolos foram criados por Robert Taira nos anos 1950, quando ele abriu a padaria Robert's Bakery, em Hilo. Mais tarde, os negócios se expandiram para Honolulu, porém o empreendimento foi eventualmente transferido para Torrance, na Califórnia.

Notícias