PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Rússia supera mais de três milhões de casos de covid-19

26/12/2020 08h10

Moscou, 26 dez 2020 (AFP) - A Rússia superou neste sábado a marca de três milhões de caso de coronavírus, em plena segunda onda de contágios, mas as autoridades rejeitam um confinamento nacional.

De acordo com os números oficiais publicados pelas autoridades, a Rússia contabiliza 3.021.964 casos de covid-19 e 54.226 mortes.

O país registrou 29.258 novas infecções e 567 mortes nas últimas 24 horas.

O número de novos contágios e mortes bateu recordes todas as semanas desde o início do inverno. Moscou e sua região são as áreas mais afetadas, assim como a segunda maior cidade do país, São Petersburgo.

A situação também é preocupante nas regiões mais pobres que, geralmente, não contam com profissionais da saúde em número suficiente.

Os números oficiais publicados pelas autoridades russas mostram uma taxa de mortalidade menor que na Europa Ocidental ou nos Estados Unidos, um resultado destacado pelo presidente Vladimir Putin.

Na semana passada, o chefe de Estado afirmou em sua entrevista coletiva anual que a Rússia teve uma gestão "melhor" da pandemia que o Ocidente.

As autoridades russas, no entanto, contabilizam apenas as mortes que têm como causa principal a covid-19, após a confirmação por necropsia.

No momento, o governo descarta um novo confinamento nacional com o objetivo de preservar a abalada economia e aposta em uma vacinação em larga escala da população graças ao fármaco desenvolvido no próprio país, a vacina Sputnik V.

pop/pz/msr/es/fp

Notícias