PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Mizael Bispo se entrega após STJ revogar prisão domiciliar

14.mar.2013 - PM reformado Mizael Bispo de Souza na data de seu julgamento - Leandro Moraes/UOL
14.mar.2013 - PM reformado Mizael Bispo de Souza na data de seu julgamento Imagem: Leandro Moraes/UOL
do UOL

Do UOL, em São Paulo

05/12/2020 13h11

Condenado a 22 anos de prisão pelo homicídio da ex-namorada Mércia Nakashima, o policial militar aposentado Mizael Bispo de Souza se entregou na manhã de hoje após o STJ (Superior Tribunal de Justiça) ter revogado sua prisão domiciliar.

Mizael Bispo deixou a penitenciária de Tremembé, no interior paulista, após em 25 de agosto deste ano, por decisão do próprio STJ, que entendeu que ele deveria cumprir pena em regime domiciliar devido estar em grupo de risco da covid-19.

Com a revogação da decisão, Bispo se entregou hoje, mas no presídio militar Romão Gomes, na zona norte da capital, de acordo com reportagem da TV Globo. PMs do local, no entanto, não receberam Bispo sob a justificativa de que PMs expulsos e demitidos não podem mais ficar no local.

A defesa de Bispo alegou que ele continua no quadro da corporação, como PM aposentado, mas não houve consenso na recepção do presídio militar. Ele, então, foi levado para uma delegacia próxima, fez exame de corpo de delito e retornou para o presídio militar, onde espera transferência para Tremembé.

O UOL tentou confirmar as informações com a SAP (Secretaria da Administração Penitenciária) e com o TJ (Tribunal de Justiça), mas não obteve êxito até esta publicação.

Notícias