PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Cazaquistão começará produzir vacina russa Sputnik V em 22 de dezembro

04/12/2020 08h27

Nur-Sultan, Cazaquistão, 4 dez 2020 (AFP) - O Cazaquistão começará a produzir a vacina russa Sputnik V contra a covid-19 em 22 de dezembro, anunciaram nesta sexta-feira as autoridades do país, que também está desenvolvendo sua própria vacina.

"A vacinação em larga escala da população está prevista para o início de 2021. Em primeiro lugar serão vacinados os grupos mais vulneráveis, incluindo os médicos, professores e as forças de segurança", afirma um comunicado divulgado pela presidência do país.

De acordo com a nota, a fase 3 dos testes clínicos de uma vacina nacional que será aplicada a 3.000 voluntários começará em 25 de dezembro, e depois o país iniciará a produção de um primeiro lote de dois milhões de doses.

A vacina Sputnik V está atualmente na terceira e última fase de testes clínicos com 40.000 voluntários.

Os testes clínicos também acontecem em outros países, incluindo Belarus. Seus criadores afirmam que tem eficácia de 95%.

As autoridades russas informaram que mais de 100.000 pessoas foram vacinadas no país e que mais de 40 nações expressaram interesse, reservando mais de 1,2 bilhão de doses da vacina.

Também indicaram que a produção da vacina russa acontecerá em outros países, como Índia, China, Brasil, Coreia e Argentina.

O ministério da Indústria da Rússia afirmou na quinta-feira que entregou mostras da vacina Sputnik V ao Uzbequistão.

A Sérvia anunciou que recebeu um lote de teste de 20 doses.

bur-apo/slb/mab/mis/fp

Notícias