PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Influenciador russo é suspeito de matar namorada grávida em live no YouTube

Youtuber mata namorada ao vivo e choca a todos - Reprodução/YouTube
Youtuber mata namorada ao vivo e choca a todos Imagem: Reprodução/YouTube
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

03/12/2020 14h43

O youtuber russo Stas Reeflay — cujo nome verdadeiro é Stanislav Reshetnikov —, de 30 anos, é suspeito de ter cometido um crime na última quarta-feira (2) durante uma live. As informações são do The Sun.

Instigado pela audiência, ele teve a ideia de colocar a namorada Valentina Grigoryeva, de 28 anos, em uma varanda com clima abaixo de 0 graus, vestindo apenas calcinha e sutiã. Um usuário teria pago 800 euros (aproximadamente R$ 4.987,00) para ver ele abusando fisicamente dela.

Valentina, que estava grávida do namorado há pouco tempo, morreu na casa de Reeflay, que fica no vilarejo de Ivanovka, próximo a Moscou. O crime transmitido em tempo real chocou a todos na Rússia, gerando uma comoção para expulsar Reeflay do YouTube.

Segundo a imprensa local, depois que a mulher ficou desacordada, é possível ouvir ele dizendo.

"Valya, você está viva? Minha coelhinha, o que aconteceu com você?". Ele continuou questionando o que havia acontecido com Valentina e, no fim, constatou: 'Gente, sem pulso... Ela está pálida! Não está respirando!'.

Ela ainda estava ao vivo quando chamou uma ambulância e a câmera continuou ligada quando os paramédicos entraram para socorrer Valentina.

Reeflay foi detido pela polícia e passou por interrogatório. Se a morte por hipotermia for constatada, ele pode pegar no mínimo dois anos de prisão, segundo a imprensa local.

O Comitê Investigativo da Rússia declarou que "as informações serão checadas sobre possíveis ações ilegais pelo homem contra a jovem que morreu".

Notícias