PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Otimismo sobre vacinas contra Covid-19 faz Ibovespa superar 113 mil pontos

Crescimento se deu com ações atreladas ao setor de viagens e turismo - Cris Fraga/Estadão Conteúdo
Crescimento se deu com ações atreladas ao setor de viagens e turismo Imagem: Cris Fraga/Estadão Conteúdo

Por Paula Arend Laier

03/12/2020 12h41

O Ibovespa superou os 113 mil pontos hoje, com ações atreladas ao setor de viagens e turismo entre os destaques positivos na esteira do otimismo sobre a vacinação contra o coronavírus, enquanto a economia brasileira teve crescimento recorde no terceiro trimestre, mas aquém do esperado.

Às 12:22, o Ibovespa subia 0,98 por cento, a 112.978,98 pontos. Na máxima até o momento, chegou a 113.015,70 pontos. O volume financeiro somava 10,5 bilhões de reais.

O potencial das vacinas contra Covid-19 é "fenomenal" e "pode virar o jogo", afirmou hoje o diretor regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a Europa, Hans Kluge, um dia após o Reino Unido aprovar a vacina Pfizer/BioNTech, que também é analisada por Estados Unidos e União Europeia.

O PIB do Brasil cresceu 7,7% de julho a setembro na comparação com os três meses anteriores, no melhor desempenho desde o começo da série histórica, em 1996, embora abaixo das previsões de analistas, que esperavam alta de 9,0% na comparação trimestral.

Na visão da Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia, o crescimento econômico do terceiro trimestre confirma a retomada em V da atividade no país, quadro que dispensa a necessidade de auxílios do governo para o próximo ano.

Em comentário a clientes, o BTG Pactual afirmou que o mercado pode contrabalançar momentos de estabilização com volatilidade nas próximas semanas, o que abre espaço para algumas operações principalmente com ações mais seletivas.

Ainda assim, e apesar das perspectivas animadoras para a economia global, a nota da área de gestão de recursos do banco de investimentos avalia que estrategicamente seria interessante colocar um pouco do lucro da renda variável no bolso, seria "uma redução técnica".

Em novembro, o Ibovespa acumulou alta de 15,9%, no melhor resultado para o mês desde 1990, com alguns papéis mostrando ganhos bem superiores, entre eles os de empresas aéreas, entre as mais prejudicadas pela pandemia.

DESTAQUES

- EMBRAER ON disparava 11,28%, na esteira das perspectivas para o setor aéreo, em particular novas tendências após a pandemia que podem beneficiar a fabricante de aviões, como a busca por aeronaves menores e de consumo mais eficiente de combustível. No ano, a ação, porém, ainda acumula queda de mais de 50%, também reflexo do fracasso do acordo com a Boeing.

- CVC BRASIL ON avançava 8,74%, dando continuidade à recuperação de novembro, assim como os papéis das companhias aéreas, com GOL PN em alta de 8,75% e AZUL PN valorizando 7,45%. Em 2020, essas ações ainda contabilizam quedas ao redor de 49%, 26% e 25%, respectivamente.

- PETROBRAS PN valorizava-se 1,08%, em sessão com variações pequenas dos preços do petróleo no exterior. A petrolífera disse que recebeu propostas vinculantes para quatro refinarias, enquanto avança com programa de desinvestimentos de até 35 bilhões de dólares em cinco anos.

- SUZANO ON perdia 3,92%, mais uma vez entre as maiores perdas do Ibovespa, após bater cotação recorde intradia na segunda-feira, acima de 58 reais. A Votorantim SA vendeu na quarta-feira 25 milhões de ações da fabricante de papel e celulose. No setor, KLABIN UNIT recuava 2,09%.

- AMBEV ON caía 2,02%. Analistas do Credit Suisse chamaram a atenção em nota a clientes no final da quarta-feira para dados mostrando desaceleração no crescimento da produção de bebidas alcoólicas no país, que segundo eles era esperada em razão de aumento de preço e redução do coronavaucher.

- ITAÚ UNIBANCO PN subia 1,07%, após levantar pelo menos 956 milhões de dólares com a venda de fatia de 4,4% na XP em oferta de ações da plataforma de investimentos, precificada a 39 dólares por ação. O follow-on movimentou pelo menos 1,2 bilhão de dólares, com a XP vendendo 278 milhões de dólares em papéis. Em NY, XP INC caía 4,48%.

- VALE ON mostrava acréscimo de 0,36%, em sessão na qual o sinal negativo prevalecia nos papéis de mineração e siderurgia na bolsa, com destaque para GERDAU PN, em baixa de 2,9%.

Notícias