PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
2 meses

Cadáver é 'expulso' de funeral após família levá-lo à igreja fora de caixão

Homem chegou ao próprio funeral fora do caixão e foi expulso do local, em Trindade e Tobago - Reprodução/Newsflash
Homem chegou ao próprio funeral fora do caixão e foi expulso do local, em Trindade e Tobago Imagem: Reprodução/Newsflash
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

03/12/2020 10h33

Em Trindade e Tobago, o corpo de um homem embalsamado na posição sentada foi impedido de ser levado para dentro de seu próprio funeral. A família levou o cadáver vestido, mas fora do caixão, como se ainda estivesse vivo. Che Lewis, 29 anos, e o pai, Adlay Lewis, 49, foram assassinados a tiros na casa deles.

O funeral, que aconteceu no último dia 25, gerou a atenção de muita gente e foi transmitido via streaming. O corpo de Che chegou à igreja vestindo óculos escuros e um terno cor-de-rosa, após passear em uma uma picape sem teto, a qual todos puderam ver o cadáver. Vídeos na internet que mostram ele sentado do lado de fora da igreja viralizaram na internet.

Homem morto conduzido em carro aberto - Reprodução/Twitter - Reprodução/Twitter
Ele foi conduzido em uma picape e todos puderam vê-lo
Imagem: Reprodução/Twitter

As pessoas não perceberam, de imediato, que ele era o falecido, achando que se tratava de alguém que apenas comparecia ao velório. Alguns até chamaram a atenção para o fato de Che estar sem máscara no funeral, uma das medidas de proteção indicadas para evitar a disseminação da covid-19. Na chegada à igreja, os membros da segurança do local, chocados com o que viram, e imediatamente pediram a retirada do corpo do homem do local.

Ao contrário de Che, a família optou por colocar o corpo de Aldlay dentro de um caixão. Mesmo com a confusão, pai e filho foram enterrados no Cemitério São João Evangelista.

Em entrevista ao jornal Trinidad Express, o policial Brent Batson demonstrou total desapontamento com o que aconteceu: "Estamos decepcionados com o comportamento imprudente da Funerária de Dennie. Carregar pessoas de forma perigosa é uma ofensa com uma multa de 750 libras (aproximadamente R$ 5.267) e a polícia vai continuar a investigação da conduta do funeral".

Notícias