PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Após queda recorde no auge da pandemia, consumo das famílias sobe 7,6%

do UOL

Do UOL, em São Paulo

03/12/2020 09h29

As famílias brasileiras voltaram a consumir no terceiro trimestre, com a volta das atividades econômicas e a flexibilização das medidas de isolamento social contra o coronavírus. O consumo das famílias cresceu 7,6% no terceiro trimestre, na comparação com o trimestre anterior. No auge das medidas de isolamento, no segundo trimestre, o consumo havia despencado 12,2%, uma queda recorde.

Os dados do PIB (Produto Interno Bruto) foram divulgados hoje pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A economia brasileira cresceu 7,7% no terceiro trimestre, mas caiu 3,9% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Já em relação ao terceiro trimestre do ano passado, o consumo das famílias registrou queda pelo terceiro trimestre seguido, de 6%, ainda influenciado pela pandemia de covid-19 que, além de afetar negativamente o mercado de trabalho, provocou queda na oferta e demanda de serviços com peso relevante no consumo.

Rebeca Palis, coordenadora de contas nacionais do IBGE, diz que subiu bastante especialmente o consumo de bens duráveis e bens alimentícios da cadeia agroalimentar.

"O consumo de serviços teve crescimento, mas foi bem menor do que a queda anterior, pois as famílias não voltaram a consumir no patamar anterior à pandemia", afirmou.

Notícias