PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Ministro das Comunicações faz cirurgia e cancela viagem à Europa

Ministério afirma que missão de Faria serviria para tratar de 5G - Sérgio Lima/Poder 360
Ministério afirma que missão de Faria serviria para tratar de 5G Imagem: Sérgio Lima/Poder 360
do UOL

Jamil Chade e Eduardo Militão

Do UOL, em Genebra (Suíça) e Brasília

26/11/2020 10h36

Para se submeter a uma cirurgia, o ministro das Comunicações, Fábio Faria (PSD-RN), cancelou viagem que faria à Europa na semana que vem. De acordo com a área internacional da pasta, trata-se de um procedimento "de emergência". Procurada nesta quinta-feira (26), a assessoria de comunicação do Ministério não esclareceu qual o tipo de procedimento que será realizado.

Os auxiliares de Fábio Faria afirmaram que ele viajaria para participar da 2ª Sessão do Conselho de Administração da União Postal Universal, em Berna, na Suíça. Um comunicado do Ministério informou que ele iria também a "outros países europeus".

O motivo seria tratar do sistema de comunicações 5G. A missão na União Postal serviria para "para conhecer melhor como a tecnologia de conectividade em super velocidade está sendo pensada mundo afora".

"Eu, como ministro das Comunicações, terei um encontro na Suíça, na União Postal Universal. Vou aproveitar também e vou visitar alguns players europeus na semana que vem", disse Faria na terça-feira (24), de acordo com o comunicado. "Em janeiro, provavelmente na segunda quinzena, vou para a Ásia fazer essas visitas, num trabalho do ministério de conhecer de perto."

O UOL obteve informações com diplomatas, que revelaram que Fábio Faria passaria por cidades como Genebra. Porém, em Genebra, as reuniões privadas estão limitadas a cinco pessoas por causa do confinamento para combater a alta de casos de coronavírus.

Pela mesma razão, a Organização Mundial de Saúde (OMS), a Organização Mundial do Comércio (OMC) e as Nações Unidas (ONU) estão parcialmente fechadas - só a cúpula das entidades trabalha presencialmente. Seus corredores estão vazios. A maioria das reuniões acontece por videoconferência.

O Ministério das Comunicações não respondeu a todos os esclarecimentos pedidos pelo UOL na quinta-feira e hoje, como a lista de cidades e países que o ministro visitaria para fazer reuniões com autoridades e empresários.

A agenda do ministro para esta quinta-feira (26) informa dois compromissos e não trata de cirurgia. Às 10h, ele teria reunião por videoconferência com o economista-chefe da Guide Investimentos, João Maurício Rosal, e os consultores Raoni Scandiuzzi e Cláudia Fernandes. Às 17h, está prevista uma videoconferência com presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano, e com o secretário Comunicação, Fábio Wajngarten.

Notícias