PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Mercados da China fecham em queda com realização de lucros

24/11/2020 07h36

XANGAI (Reuters) - O mercado acionário da China fechou em baixa nesta terça-feira, com os investidores realizando lucros após rali recente, mostrando pouca reação à notícia de que o presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, recebeu luz verde para iniciar a transição na Casa Branca.

Analistas disseram que uma presidência de Biden, que pode significar mais espaço de negociação para Washington e Pequim, não fará grande diferença para os mercados acionários chineses, já que esperam pouca mudança na política norte-americana voltada para a China.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 0,61%, enquanto o índice de Xangai teve perda de 0,34%.

Os subíndices imobiliário e de consumo discricionário do CSI300 recuaram 0,8% e 1,6%, respectivamente,

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que pediu que a diretora da Agência de Serviços Gerais (GSA, na sigla em inglês), Emily Murphy, inicie a transição de poder para o governo do presidente eleito Joe Biden, apesar de seus planos de continuar com as disputas jurídicas pelo resultado da eleição.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 2,50%, a 26.165 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,39%, a 26.588 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,34%, a 3.402 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,61%, a 4.974 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,58%, a 2.617 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,51%, a 13.807 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 1,50%, a 2.891 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 1,26%, a 6.644 pontos.

Notícias