PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Moçambique e Tanzânia lançarão operações conjuntas contra insurgentes

23/11/2020 18h30

MAPUTO (Reuters) - Moçambique e Tanzânia lançarão operações conjuntas para combater uma insurgência islâmica, conforme um acordo que também levará à extradição de cerca de 500 supostos insurgentes, relatou o jornal estatal moçambicano Notícias nesta segunda-feira.

A insurgência de três anos se concentra em Cabo Delgado, província do extremo norte de Moçambique separada da Tanzânia pelo Rio Rovuma que abriga operações de prospecção de gás no valor de 60 bilhões de dólares.

Mas em outubro ela atravessou a fronteira quando cerca de 300 insurgentes atacaram um vilarejo tanzaniano. Também se acredita que muitos dos recrutas dos insurgentes são da Tanzânia.

O Notícias disse que, mediante o acordo, os dois países lançarão operações conjuntas em Moçambique e cooperarão em áreas como o compartilhamento de informações, e a Tanzânia deportará a Moçambique 516 supostos insurgentes sob sua custódia.

Um porta-voz da polícia de Moçambique não estava disponível de imediato para confirmar os detalhes do acordo, mas o comandante da polícia, Bernardino Rafael, disse à emissora privada STV que "o acordo nos habilita a trabalhar juntos para controlar a fronteira de Rovuma".

(Por Manuel Mucari)

Notícias