PUBLICIDADE
Topo

Notícias

SP: Mãe proíbe filho adolescente de ir a baile e é assassinada a tiros

Menor conseguiu arma com colega, que também é menor de idade - Reprodução
Menor conseguiu arma com colega, que também é menor de idade Imagem: Reprodução
do UOL

Do UOL, em São Paulo

23/11/2020 17h00

Um adolescente de 17 anos assassinou a própria mãe, de 36 anos, com tiros no rosto. O caso aconteceu ontem, em Caçapava, no interior de São Paulo. Após o crime, o menor, que não teve o nome revelado, fugiu e foi apreendido pela Polícia Militar.

Segundo a TV Vanguarda, o adolescente cometeu o crime porque a mãe não o deixou ir a um "baile na rua". Ainda de acordo com a emissora, na delegacia, o infrator confessou ter comprado a arma com colega e ainda disse ser responsável pela morte do pai, sumido desde abril de 2020.

A confusão aconteceu na residência da mulher, no bairro Pinus do Iriguassu, às 13h, que estava com seus três filhos. Um deles, o infrator, também estava acompanhado da namorada e de mais dois adolescentes.

Segundo a SSP (Secretária de Segurança Pública do Estado de São Paulo), "um adolescente de 17 anos e filho da vítima, estava no local com amigos e em circunstâncias a serem esclarecidas, atirou na genitora, que morreu no local", diz a nota.

Depois, ele "fugiu com os amigos, mas foi localizado pela Polícia Militar. O adolescente confessou o crime e informou que comprou a arma junto com o amigo, de 16, que também foi apreendido".

O crime foi registrado como ato infracional por feminicídio e porte ilegal de arma de fogo. Os dois adolescentes ficaram detidos e foram encaminhados a Fundação Casa.

Notícias