PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Juiz espanhol decreta prisão para ex-integrante do ETA entregue pela Bélgica

23/11/2020 17h43

Madri, 23 Nov 2020 (AFP) - Um juiz espanhol decretou nesta segunda-feira a prisão provisória para uma ex-integrante do grupo separatista basco ETA entregue pela Bélgica no dia anterior para ser julgada por sua suposta participação em ataques na década de 1980, indicou o Tribunal Nacional.

O juiz José de la Mata "concordou com a prisão incondicional do suposto membro do ETA Natividad Jauregui" depois de avaliar o "risco de fuga", disse em nota, lembrando que ela "há anos está detido pela ação do quadra".

O advogado de Jáuregui, Alfonso Zenon, exigiu sua liberdade quando entendeu que "os atos acusados contra ele foram prescritos", disse em um comunicado.

A Espanha havia solicitado a entrega de Jauregui, que trabalhava como cozinheira na Bélgica, por sua participação em ataques na década de 1980, incluindo o assassinato em 1981 do militar Manuel Romeo em Bilbao.

Até três vezes sua extradição foi negada pela justiça belga, até que na terça-feira o Tribunal de Cassação a autorizou.

O grupo armado basco, que assassinou 853 pessoas, anunciou um cessar-fogo permanente em 2011, depôs as armas em 2017 e se desfez em maio de 2018.

dbh/mb/cc

Notícias