PUBLICIDADE
Topo

Notícias

BC atualiza dados sobre 1ª semana do Pix e volume vai a R$ 9,3 bi

Pix, sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central que entrou em funcionamento integral em 16/11 - Tiago Caldas/Fotoarena/Estadão Conteúdo
Pix, sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central que entrou em funcionamento integral em 16/11 Imagem: Tiago Caldas/Fotoarena/Estadão Conteúdo

Aline Bronzati

Do Estadão Conteúdo

23/11/2020 19h57

O Banco Central divulgou hoje dados atualizados sobre a primeira semana do Pix, seu sistema de pagamentos instantâneos. Na nova base apresentada, o volume financeiro transacionado foi de R$ 9,3 bilhões. Já o total de transações durante a primeira semana chegou a 12,2 milhões, segundo o BC. Os números consideram o prazo entre o dia 16 de novembro, início da ferramenta, até ontem, dia 22.

A autoridade monetária informa, em paralelo à base de dados do Pix, que os números do novo sistema podem sofrer alterações retroativas uma vez que são enviados diariamente pelos participantes.

Questionado sobre a atualização da base pelo Estadão, que anteriormente havia sinalizado um volume de R$ 11,8 bilhões na primeira semana, o BC não soube explicar e informou que amanhã realizará uma coletiva de imprensa para comentar o desempenho da tecnologia no período.

Os números de usuários e de chaves, contudo, permaneceram inalterados. Ao fim da primeira semana de operação, o Pix somava 83,490 milhões de chaves, considerando pessoas físicas e jurídicas.

A quantidade total de usuários, porém, é menor. Isso porque, no caso das pessoas físicas por exemplo, um mesmo indivíduo pode ter até cinco chaves. Assim, a quantidade de usuários no Pix já soma 36,635 milhões. A maioria são pessoas físicas, num total de mais de 34,474 milhões. Os outros 2,161 milhões equivalem a cadastros de pessoas jurídicas.

A coletiva de amanhã está marcada para as 9 horas, com o chefe e o chefe-adjunto do Departamento de Competição e de Estrutura do Mercado Financeiro, Ângelo Duarte e Carlos Eduardo Brandt, e será realizada para comentar a primeira semana do Pix.

Notícias