PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Pandemia colocou a economia britânica sob 'enorme pressão', diz ministro das Finanças

22/11/2020 10h18

Londres, 22 Nov 2020 (AFP) - O ministro das Finanças britânico, Rishi Sunak, alertou neste domingo (22) que a economia do Reino Unido estava sob uma "enorme pressão" por causa do coronavírus, antes que o governo publique a revisão dos gasto na próxima semana.

As previsões econômicas publicadas junto com sua revisão dos gastos na quarta-feira mostrarão "a enorme pressão e estresse que nossa economia está vivenciando", declarou Sunak à Sky News.

As conclusões do Escritório de Responsabilidade Orçamentária do Reino Unido - assim como os 750.000 empregos perdidos pelo coronavírus - terão que ser consideradas "enquanto pensamos na melhor maneira de combater o vírus", explicou.

Apesar do impacto profundo da pandemia na revisão de gastos de Sunak, o ministro das Finanças rejeitou voltar a aplicar medidas de austeridade.

O gasto do governo continuará aumentando em relação ao gasto público diário do ano passado, afirmou. "Ninguém pode dizer de nenhuma maneira que isso é austeridade", declarou.

No entanto, Sunak se recusou a descartar um congelamento dos salários públicos.

O Reino Unido é o país mais afetado da Europa pela pandemia de coronavírus, com mais de 54.000 mortes entre 1,4 milhão de casos.

csp/jj/bc/zm/aa

Notícias