PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Mulher dá à luz gêmeos durante coma induzido para tratar o coronavírus

Perpetual Uke deu à luz gêmeos enquanto estava em coma por covid-19 - Reprodução/Sky News
Perpetual Uke deu à luz gêmeos enquanto estava em coma por covid-19 Imagem: Reprodução/Sky News
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

20/11/2020 13h13

Uma mulher chamada Perpetual Uke estava com covid-19, teve que ser colocada em coma induzido e acabou dando à luz gêmeos enquanto estava desacordada. O caso aconteceu em abril deste ano no Hospital Municipal de Birmingham, no Reino Unido, onde Uke trabalhava, até que começou a se sentir mal no final de março.

De acordo com a BBC, a mãe foi internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), sobrevivendo com o suporte de respirador mecânico. Então, os médicos decidiram colocá-la em coma e fazer a cesariana para o nascimento dos gêmeos.

A mulher teve que continuar em coma por mais 16 dias após a cesariana. E, quando acordou, recebeu a novidade do nascimento das crianças com alegria. "Quando me mostraram as fotos, eles eram tão minúsculos, não pude acreditar que eram meus", recordou Perpetual.

Os nenéns nasceram com 26 semanas e foram uma grande surpresa para a mãe, que estava confusa na hora que acordou.

"Eu estava grávida de 24 a 25 semanas nessa fase, e quando acordei, estava muito desorientada. Pensei que tinha perdido meus filhos, porque não conseguia ver minha barriga mais. Eu estava realmente preocupada", relatou Perpetual, ao site Sky News.

Após 116 dias de internação, os bebês tiveram alta do hospital. O marido de Perpetual, Matthew — que cuidou dos demais filhos do casal enquanto os gêmeos estavam internados com a mãe — disse que aquele período foi bem difícil. "Foi realmente assustador. A cada dia que passava eu esperava que minha esposa não estivesse entre os que morreram", contou.

Notícias