PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Nova Toyota Hilux: veja prós e contras diante de S10, Ranger e Amarok

do UOL

Do UOL, em São Paulo (SP)

19/11/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Novidade da Toyota traz design renovado e mais potência
  • Picape custa mais caro do que rivais nas versões mais luxuosas
  • Lista de itens de segurança só é igualada pela Ford Ranger

A segunda reestilização da Toyota Hilux já está nas lojas. Além do estilo repaginado, a picape trouxe importantes novidades na parte mecânica e na lista de equipamentos de série.

É por isso que UOL Carros mostra quais são as virtudes e deficiências da picape diante de suas principais concorrentes: Chevrolet S10, Ford Ranger e VW Amarok.

Preço

Hilux 1 - Divulgação - Divulgação
Hilux custa mais caro do que concorrentes em algumas versões
Imagem: Divulgação

Os preços da nova Hilux nas versões com Cabine Dupla variam de R$ 145.390 a R$ 241.990.

Apesar de custar menos nas configurações de entrada, o jogo inverte nas versões mais caras.

A Ford Ranger está na faixa de R$ 159.090 (XL Cabine Dupla) a R$ 229.190 (Limited Cabine Dupla), enquanto a Chevrolet S10 ocupa uma faixa mais alta do que a rival ao partir de R$ 176.990 e chegar aos R$ 223.090 na configuração High Country.

Já a VW Amarok parte de salgados R$ 182 mil e vai até os R$ 256.390 da recém-lançada V6 Extreme.

Itens de série

Hilux 2 - Divulgação - Divulgação
Interior mudou pouco, mas vem com nova central multimídia
Imagem: Divulgação

Todas as versões da Hilux Cabine Dupla saem de fábrica com 7 airbags. As sete bolsas infláveis também estão disponíveis na Ranger, mas só a partir da versão intermediária XLS. A S10 sai de fábrica com 6 airbags em todas as configurações, enquanto a Amarok desliza feio ao trazer apenas quatro airbags - e nas versões mais caras.

Uma das grandes novidades é a oferta do pacote Toyota Safety Sense na versão SRX. Com ele, a picape ganha alerta de colisão frontal, frenagem autônoma de emergência, piloto automático adaptativo e alerta de permanência em faixa.

Das três rivais, apenas a Ranger traz as mesmas assistências de condução. A S10 vem com alerta de colisão e frenagem autônoma de emergência, mas o piloto automático não tem a função adaptativa. A Amarok, por sua vez, é a pior de todas neste critério, já que não possui nenhum destes itens.

A Hilux finalmente traz uma nova central multimídia com suporte a Android Auto e Apple CarPlay, algo presente em todas as concorrentes. O sistema de entretenimento da S10, porém, é o único a trazer internet 4G com Wi-Fi para até sete dispositivos a bordo.

A Hilux SRX também vem com itens como bancos dianteiros com refrigeração e sistema de som JBL com oito alto-falantes. Nenhum dos equipamentos está presente nas concorrentes.

Motorização

Hilux 3 - Divulgação - Divulgação
Motor 2.8 turbodiesel ficou mais potente
Imagem: Divulgação

Apesar de manter o motor 2.8 turbodiesel, a nova Hilux ganhou mais potência. Agora são 204 cv, um aumento de 27 cv em relação ao modelo anterior. Esse ganho foi obtido com algumas melhorias, como a adoção de uma nova turbina, pistões com cabeças redesenhadas e alterações no sistema de arrefecimento.

Assim, a picape desbanca S10 e Ranger, que trazem motorizações de 2,8 litros e 3,2 litros, respectivamente. Ambas entregam 200 cv, mas a S10 tem mais torque: são 51 kgfm contra 46 kgfm. A Amarok entrega 180 cv com o motor 2.0 turbodiesel e 258 cv nas versões com o possante V6.

Notícias