PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Jeep Wrangler Rubicon 392: jipão ganha motor V8 de 476 cv e cara de mau

do UOL

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

17/11/2020 14h07

Resumo da notícia

  • Jipão traz motor Hemi V8 de 476 cv e é o Wrangler mais potente da história
  • Carro traz suspensão elevada de fábrica e seletor de modos de condução
  • Versão será a mais cara da gama nos EUA; não há previsão de chegada ao Brasil

A Jeep apresentou hoje (17) o Wrangler Rubicon 392.

Equipado com o possante motor Hemi V8, ele entrega nada menos do que 476 cv e 64,9 kgfm de torque máximo, fazendo dele o Wrangler mais potente já fabricado em série.

O novo coração faz o jipe ir de 0 a 96 km/h em míseros 4,5 segundos. Apesar do desempenho digno de esportivo, o Wrangler não perdeu sua capacidade para encarar trilhas. Pelo contrário: o carro ganhou diversos acessórios que apenas reforçam sua aptidão para pisos acidentados.

Jeep Wrangler Rubicon 392 2 - Divulgação/Jeep - Divulgação/Jeep
Interior traz uma generosa lista de equipamentos
Imagem: Divulgação/Jeep

O chassi foi reforçado com ferro fundido na plataforma, juntas de direção e braços de controle dianteiro. O Wrangler possui um kit que eleva a suspensão em 5 centímetros. A suspensão recebeu geometria exclusiva e amortecedores Fox feitos de alumínio com calibragem especial.

Os pneus de 33 polegadas calçam rodas de 17 polegadas, resultando em altura livre do solo de 26,1 centrímetros, ângulo de ataque de 44,5 graus e ângulo de saída de 37,5 graus. De acordo com a Jeep, o jipe é capaz de atravessar trechos alagados com até 82,5 centímetros de profundidade.

Todo equipado

Jeep Wrangler Rubicon 392 - Divulgação/Jeep - Divulgação/Jeep
Carro traz vários detalhes pintados na cor bronze
Imagem: Divulgação/Jeep

Visualmente, o Rubicon 392 se destaca por detalhes como o capô mais alto (vindo da picape Gladiator Mojave) e detalhes pintados na cor bronze, como os ganchos nos para-choques e até as rodas de liga leve.

A lista de equipamentos inclui itens como sistema de navegação por satélite (GPS), frenagem autônoma de emergência, piloto automático adaptativo, central multimídia UConnect com tela de 8,4 polegadas, sensor de pontos cegos e faróis e lanternas em LED, entre outros.

A Jeep ainda não anunciou o preço do Wrangler Rubicon 392, que começa a ser vendido nos Estados Unidos no 1º trimestre de 2021. Por ser a versão mais cara da gama por lá, o valor deve bater na casa dos US$ 60 mil - ou aproximadamente R$ 321 mil.

Notícias