PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Jovem é condenado por sequestro e por atirar em cão policial durante fuga

Fang, cachorro morto por sequestrador em fuga - Divulgação
Fang, cachorro morto por sequestrador em fuga Imagem: Divulgação
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

30/10/2020 21h36

Um jovem, que matou a tiros um cão da polícia enquanto era perseguido na Flórida, nos EUA, foi condenado a 25 anos de prisão. Ele recebeu uma pena de cinco anos pela morte do cachorro e mais 20 anos por sequestro.

De acordo com a polícia, Jhamel Malik Paskel, de 19 anos, sequestrou duas mulheres em um posto de gasolina em 18 de setembro de 2018, e fez uma delas dirigir sob a mira de sua arma.

O rastreador do carro desligou o motor após uma longa perseguição. Paskel desceu do carro e tentou fugir correndo, mas foi perseguido por Fang, cachorro da polícia. Ele atirou e matou o cachorro, mas foi preso logo depois.

Paskel confessou ter matado o animal de três anos de idade em dezembro passado, além de ter admitido o sequestro das mulheres. Embora tivesse 17 anos na época do crime, o jovem foi julgado como adulto.

"Sua morte sem sentido ressalta os perigos enfrentados pela polícia todos os dias e provocou mudanças na lei estadual. Este resultado finalmente alcança justiça à memória de Fang", disse a promotora responsável pelo caso em comunicado.

Herrera, policial que acompanhava Fang, disse que o cão salvou sua vida durante a perseguição.

Notícias