PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Atores pornôs, irmãos são suspeitos de golpes em bares no RJ e em SP

Atores de filmes pornô João Bosco Rodrigues Junior e Jemison Portela dos Santos (dir.) são acusados de aplicar Boa Noite Cinderela - Reprodução/Redes Sociais
Atores de filmes pornô João Bosco Rodrigues Junior e Jemison Portela dos Santos (dir.) são acusados de aplicar Boa Noite Cinderela Imagem: Reprodução/Redes Sociais
do UOL

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio

27/10/2020 09h48

A Polícia Civil do Rio identificou dois irmãos, atores de filme pornô, acusados de aplicarem o golpe do "Boa Noite, Cinderela" em uma mulher no bairro do Leblon. A vítima, que já reconheceu os dois homens, teve prejuízo de R$ 40 mil. Os suspeitos, João Bosco Rodrigues Junior e Jemison Portela dos Santos, são amazonenses; o primeiro foi preso, e o irmão está foragido.

De acordo com investigações da Polícia Civil, eles abordaram a mulher no bar Jobi, na Ataulfo de Paiva - endereço em bairro nobre da cidade - doparam a vítima e realizaram saques e compras com o cartão da vítima.

De acordo com o delegado Felipe Santoro, titular da 13ª DP (Ipanema), a mulher estava bebendo com um amigo no bar, na madrugada do último dia 15, quando os irmãos se aproximaram deles. Os quatro fizeram amizade. O amigo da vítima se sentiu mal e foi embora. A mulher resolveu ficar com os irmãos. Os três deixaram o bar juntos em um táxi com destino a outro restaurante.

Segundo o depoimento da vítima, após a entrada no táxi, ela não se lembra mais do que aconteceu e acordou na manhã seguinte, na Praia de Botafogo, também na zona sul, sem os pertences. A mulher só se deu conta sobre o ocorrido após perceber que estava sem o celular e o cartão do banco.

"Os policiais da 13ª DP estão neste momento fazendo diligências para identificar outros integrantes da associação criminosa que atuava em diversos estados do país, notadamente no Rio de Janeiro e São Paulo", informou a corporação.

Os irmãos João e Jemison foram reconhecidos através de fotos e tiveram a prisão temporária por roubo duplamente majorado e associação criminosa decretada pela Justiça.

João, que também atuava como garoto de programa e ator pornô internacional, foi preso no interior de um hotel, no último dia 23, acusado de praticar golpes semelhantes no bairro dos Jardins, em São Paulo. Já Jemison, irmão e parceiro de golpe, está foragido.

De acordo com as investigações, nas redes sociais, João ostentava uma vida de luxo, com roupas de marca, joias, fotos de viagens para a Europa, hospedagens em hotéis de alto padrão e passeios de lancha.

O delegado Felipe Santoro, solicita que outras vítimas comparecem a delegacia para noticiar o fato. O Disque Denúncia lançou um cartaz com a foto de Jemison como procurado. Ele tem um mandado de prisão em aberto.

Notícias