PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Exame confirma que ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, está com covid

Eduardo Pazuello, ministro da Saúde - Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados
Eduardo Pazuello, ministro da Saúde Imagem: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados
Carla Araújo Carla Araújo

Jornalista formada em 2003 pela FIAM, com pós-graduação na Fundação Cásper Líbero e MBA em finanças, começou a carreira repórter de agronegócio e colaborou com revistas segmentadas. Na Agência Estado/Broadcast foi repórter de tempo real por dez anos em São Paulo e também em Brasília, desde 2015. Foi pelo grupo Estado que cobriu o impeachment da presidente Dilma Rousseff. No Valor Econômico, acompanhou como setorista do Palácio do Planalto o fim do governo Michel Temer e a chegada de Jair Bolsonaro à Presidência.

do UOL

Carla Araújo

Do UOL, em Brasília

21/10/2020 12h48Atualizada em 21/10/2020 15h09

O ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, está com covid. A informação foi repassada por um auxiliar direto do ministro. O resultado do exame saiu no início da tarde desta quarta-feira. O ministro está descansando e não deve ter agenda pelos próximos dias.

Ontem, o ministro teve um quadro febril e preferiu cumprir parte da agenda, incluindo a reunião com governadores, de sua residência. Na segunda-feira, Pazuello não participou da cerimônia no Palácio do Planalto em que foram apresentados supostos estudos clínicos da nitazoxanida em pacientes na fase precoce da Covid-19.

Com o resultado positivo, o mandatário da Saúde integra o já grande time de ministros do governo com a doença.

No início da semana, o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, anunciou que estava curado e ontem voltou a despachar no Palácio do Planalto.

Na equipe ministerial, além de Ramos, tiveram a doença Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), Bento Albuquerque (Minas e Energia), Milton Ribeiro (Educação), Onyx Lorenzoni (Cidadania), Marcos Pontes (Ciência, Tecnologia e Inovações), Wagner Rosário (Controladoria-Geral da União), Braga Netto (Casa Civil), Jorge Oliveira (Secretaria-Geral), Marcelo Álvaro Antônio (Turismo) e, mais recentemente, o ministro Fabio Faria (Comunicações). O presidente Jair Bolsonaro e a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, também já foram infectados pela covid-19.

Pazuello segue no cargo

Mesmo com a fala do presidente Jair Bolsonaro, que desautorizou o anúncio de Pazuello sobre a compra da CoronaVac, o ministro da Saúde segue "firme no cargo", disseram à coluna dois auxiliares diretos do presidente.

"Ele continua com a confiança do presidente", disse uma fonte.

Pazuello testou positivo para coronavírus em meio à crise das vacinas e, dizem auxiliares, está descansando. Até porque, lembram interlocutores, o ministro está acima do peso e é hipertenso, ou seja, requer cuidados para que a doença não se agrave.

Fontes próximas a Bolsonaro ressaltam que a irritação do episódio foi muito maior com o governador de São Paulo, João Dória, do que com Pazuello. Até porque garantem que o presidente sabia do trabalho que vinha sendo feito por Pazuello. Até mesmo a reunião do ministro com os governadores foi informada previamente ao presidente.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Notícias