PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Outro julgamento na França contra ex-chefe do ETA é adiado até 2021

21/10/2020 13h53

Paris, 21 Out 2020 (AFP) - O julgamento de Josu Ternera, ex-chefe da organização separatista basca ETA, que ocorreria quarta e quinta-feira no tribunal judicial de Paris, foi adiado para 15 e 16 de junho de 2021.

Outro processo de apelação em que ele é julgado por atos semelhantes entre 2002 e 2005 foi adiado na segunda para fevereiro.

Josu Antonio Urrutikoetxea Bengoetxea deve ser julgado por seu suposto papel no aparato político da organização separatista basca entre 2010 e 2013.

Josu Ternera, de 69 anos, passou à clandestinidade em 2002 e foi preso em maio de 2019 na França. Ele está em prisão domiciliar com pulseira eletrônica desde 30 de julho.

Nesse caso, Josu Ternera foi condenado à revelia em 2017 a 8 anos de prisão. Após sua prisão, pediu para ser julgado novamente pessoalmente.

Designado em 1999 como um dos três negociadores durante um processo de paz fracassado, foi ele quem, em 3 de maio de 2018, anunciou a dissolução do ETA.

Nascido em 1959 durante a ditadura de Franco, o ETA é acusado de ter matado 853 pessoas durante quatro décadas de violência em nome da independência do País Basco.

cl/pga/pid/mar/mb/mr

Notícias