PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Autoridades afirmam que manifestação de terça-feira na Nigéria não deixou mortos

21/10/2020 07h46

Lagos, 21 Out 2020 (AFP) - O tiroteio contra manifestantes pacíficos que desafiaram o toque de recolher na terça-feira à noite em Lagos, coração financeiro da Nigéria, não provocou mortes, afirmou o governador do estado, Babajide Sanwo-Olu.

"Não houve mortes, ao contrário do que dizem as redes sociais", disse o governador, que citou 25 feridos no tiroteio.

Sanwo-Olu anunciou a abertura de uma investigação sobre sobre a atuação de "elementos do exército nigeriano mobilizados no pedágio de Lekki", ponto em que aconteceu o tiroteio.

A Anistia Internacional afirmou que vários manifestantes faleceram no ataque e que estava tentando confirmar o número de vítimas fatais.

bur-lhd-cma/jhd/bl/zm/fp

Notícias