PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Morrem 14 soldados nigerianos em ataque de jihadistas

17/10/2020 16h34

Kano, Nigéria, 17 Out 2020 (AFP) - Jihadistas ligados ao grupo do Estado Islâmico mataram 14 soldados nigerianos em um ataque a uma base militar no nordeste da Nigéria, informaram fontes militares neste sábado (17).

Duas fontes, que pediram anonimato, disseram à AFP que os combatentes do grupo do Estado Islâmico na África Ocidental (ISWAP) atacaram a base militar de Jakana com metralhadoras e lançadores de granadas na sexta-feira, uma ofensiva seguida de combates pesados.

"Perdemos 14 soldados no conflito, incluindo o comandante e outro oficial", disse uma dessas fontes.

Vários soldados estão desaparecidos e acredita-se que escaparam ou foram detidos pelos jihadistas, disse a segunda fonte, que deu o mesmo balanço.

Jakana, a 25 km da capital regional Miaduguri, fica localizada em uma estrada de fronteira conhecida pelos combatentes da ISWAP, que se deslocam entre seus acampamentos e a área da floresta Benisheikh, em Borno, e seus esconderijos na área de Buni Yadi, em Yobe.

A cidade e a base têm sido alvo repetidamente de combatentes que se separaram do grupo Boko Haram há quatro anos.

Apesar disso, o ISWAP intensificou seus ataques contra alvos militares.

Na segunda-feira, o exército nigeriano lançou uma operação militar contra o ISWAP em uma área entre Borno e Yobe, que inclui Jakana.

Não ficou claro se o ataque foi uma resposta a esta ofensiva militar.

abu/del/jj/bc/mis/cc

Notícias