PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Raí é eleito melhor jogador da história do PSG e 5 brasileiros integram time ideal do clube

30/09/2020 13h12

Mais um dado para confirmar que o Paris Saint-Germain é o mais brasileiro de todos os clubes franceses. Para comemorar os 50 anos de sua fundação, o PSG realizou uma votação com jornalistas, torcedores e ex-integrantes do time para saber quais foram os jogadores que mais marcaram sua história e os brasileiros dominam a lista.

Mais um dado para confirmar que o Paris Saint-Germain é o mais brasileiro de todos os clubes franceses. Para comemorar os 50 anos de sua fundação, o PSG realizou uma votação com jornalistas, torcedores e ex-integrantes do time para saber quais foram os jogadores que mais marcaram sua história e os brasileiros dominam a lista.

O resultado da votação, realizada nas últimas semanas, foi revelado nesta quarta-feira (30) em uma revista especial "50 anos", publicada pelo PSG. Mais de 140 jornalistas, 50 ex-diretores ou atletas do clube e torcedores elegeram o melhor jogador e a equipe ideal, mas também o melhor técnico, o melhor jogador formado pelo PSG, o gol mais bonito e o jogo mais marcantes dessas cinco décadas.

O brasileiro Raí, que jogou em Paris entre 1993 e 1998, foi eleito melhor jogador de todos os tempos. "A escolha do capitão Raí foi unânime entre todos os grupos de eleitores (torcedores, jornalistas e ex-jogadores)", revelou Jerôme Touboul, diretor de Comunicação e editor da revista do PSG. Essa unanimidade se deve ao fato de o brasileiro ter "encarnado muitos valores, como o respeito ao clube, ao jogo, aos adversários e aos torcedores, sua admiração por Paris e seu talento. Todos esses ingredientes fizeram de Raí um jogador emblemático", aponta Touboul.

Atrás de Raí, aparecem como os melhores atletas do clube o bôsnio Safet Susic, que jogou entre 1982 e 1991 e ficou em segundo lugar ; e em terceiro lugar outro brasileiro, Ronaldinho Gaúcho, que defendeu a camisa do time da capital por apenas duas temporadas (2001-2003), mas deixou até hoje uma lembrança inesquecível e é chamado de "mágico" e "artista da bola".

O mais brasileiro dos clubes franceses

O PSG, fundado em 1970, completou oficialmente 50 anos em 23 de agosto de 2020, por coincidência a data da final histórica na Liga dos Campeões, perdida para o Bayern de Munique. Neste meio século, 459 jogadores passaram pelo clube, sendo 31 de nacionalidade brasileira. "Um recorde" na história do PSG e de outros times franceses garante o historiador Michel Kollar. O primeiro brasileiro a defender o time da capital foi Joel Camargo, em 1971, e o último é Neymar, que está em Paris desde 2017. "O Brasil está presente durante toda a história do PSG. Há uma conexão surpreendente e incrível entre o Brasil e Paris. Por isso, não é nenhuma surpresa que cinco brasileiros integrem a equipe ideal», aponta o historiador do clube. Vale lembrar que o atual diretor esportivo é o brasileiro Leonardo, que também vestiu a camisa azul e vermelha entre 1996 e 1997.

Os eleitores foram convidados a escolher para cada posição em campo os melhores dos últimos 50 anos e a supremacia brasileira é evidente. Na defesa, estão Thiago Silva, Ricardo e Marquinhos, no meio campo Rai e no ataque Ronaldinho. Neymar, que não aparece (ainda?) na lista dos atletas que marcaram a história do PSG, elogia na revista que chegou às bancas nesta quarta-feira oito compatriotas que passaram pelo clube, como Raí, Nenê ou seu amigo Daniel Alves.

Confira o resultado completo da votação sobre os 50 anos do PSG:

Melhor jogador: Raí (1°) - Safet Susic (2°) - Ronaldinho (3°)

Melhor jogador formado na escolinha do clube: Luis Fernandez (1°) - Nicolas Anelka (2°) - Presnel Kimpembe (3°)

Melhor técnico: Carlo Ancelotti (1°) - Laurent Blanc (2°) - Luis Fernandez (3°)

Gol mais bonito: Pedro Pauleta contra o Marselha em 2004 (1°) - George Weah contra o Bayern Munique em 1994 (2°) - David Ginola contra o Real Madrid em 1993 (3°)

Melhor jogo: PSG-Real Madrid pelas quartas de final da Copa da UEFA em 1993 (1°) - PSG-Barcelona partida de ida pelas oitavas de final da Liga dos Campeões em 2017 (2°) - Chelsea-PSG pelas oitavas de final da Liga dos Campeões em 2015 (3°)

Equipe ideal: Lama ? Thiago Silva, Ricardo, Marquinhos; Raí, Verratti, Fernandez, Susic; Ibrahimovic, Pauleta, Ronaldinho.

 

Notícias