PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Republicanos permanecem leais a Trump, apesar de preocupações com impostos, mostra pesquisa Reuters/Ipsos

29/09/2020 21h15

Por Chris Kahn

NOVA YORK (Reuters) - Uma minoria considerável de republicanos afirma que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não pagou sua parte justa em impostos e teme que os negócios da família tenham influenciado suas decisões no cargo, mas a maioria ainda está convicta a lhe dar um segundo mandato, de acordo com pesquisa Reuters/Ipsos divulgada nesta terça-feira.

A pesquisa nacional online, conduzida na segunda e terça-feira, foi realizada após investigação do New York Times que mostrou que Trump, que se autodenomina bilionário, está profundamente endividado e tem pago pouco ou nada em Imposto de Renda federal nas últimas duas décadas.

A pesquisa mostrou que três em cada 10 republicanos estão preocupados que as finanças pessoais de Trump tenham influenciado suas decisões como presidente, e dois em cada 10 republicanos disseram não considerar que Trump pagou sua "parte justa" em IR.

Mas as revelações sobre os impostos pessoais de Trump não parecem ter enfraquecido sua posição geral entre as bases de seu partido. Apenas cerca de três em cada 10 republicanos afirmaram acreditar na reportagem do Times, e sete em cada 10 republicanos disseram que veem o presidente como "um empresário de sucesso que sabe como evitar impostos".

Outra pesquisa Reuters/Ipsos apontou que 88% dos republicanos registrados disseram que ainda apoiam Trump em vez do candidato democrata à Presidência, Joe Biden, na eleição de 3 de novembro.

Entre todos os prováveis eleitores, a pesquisa Reuters/Ipsos mostrou Biden com uma vantagem de 9 pontos percentuais nacionalmente, sem mudança em relação à semana anterior.

Cinquenta e um por cento afirmaram apoiar Biden, enquanto 42% disseram que votarão em Trump. O restante está indeciso.

A imagem é muito diferente fora do Partido Republicano, entretanto.

De acordo com a pesquisa sobre os impostos de Trump, 51% dos adultos norte-americanos disseram acreditar que Trump não estava pagando sua "parte justa" no Imposto de Renda, enquanto 26% disseram que Trump pagou a quantia apropriada.

E 56% de todos os norte-americanos afirmaram que estão "muito" ou "um pouco" preocupados que as decisões de Trump como presidente tenham sido influenciadas por seu interesse pessoal, enquanto 33% disseram não estar preocupados.

A pesquisa Reuters/Ipsos foi realizada online, em inglês, em todo o país. A sondagem de 28 a 29 de setembro reuniu respostas de 1.005 adultos norte-americanos, enquanto a pesquisa de 25 a 29 de setembro entrevistou 864 prováveis eleitores. As pesquisas têm intervalo de credibilidade, uma medida de precisão, de 4 pontos percentuais.

Clique aqui para ver os resultados completos da pesquisa: https://tmsnrt.rs/3cJtSeR

(Reportagem de Chris Kahn)

Notícias