PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Putin propõe a Washington troca de garantias de 'não interferência' eleitoral

25/09/2020 09h47

Moscou, 25 Set 2020 (AFP) - O presidente da Rússia, Vladimir Putin, propôs nesta sexta-feira (25) ao governo dos Estados Unidos uma troca de promessas de "não interferência" e uma cooperação na área de tecnologia para promover um pacto de não agressão no setor.

Em um comunicado publicado pelo Kremlin, Putin propõe a Washington "trocar garantias mútuas de não interferência, incluindo os processos eleitorais", alcançar um acordo em um "conjunto de medidas práticas" e um pacto mundial contra as agressões que utilizam "tecnologias da informação e comunicação".

"Um dos maiores desafios estratégicos do mundo contemporâneo é o risco de um confronto em larga escala no setor digital. Uma responsabilidade particular para evitá-lo cabe aos principais atores da segurança mundial na área da informação", escreve Putin.

A Rússia é acusada há vários anos de utilizar hackers e fábricas de trolls na Internet e de preparar informações falsas virais para influenciar os processos eleitorais no Ocidente.

O país é suspeito, em particular, de apoiar de modo secreto em 2016 a candidatura de Donald Trump, favorecendo sua vitória.

O Kremlin também é suspeito de tentar influenciar a atual campanha presidencial americana, entre Trump e o democrata Joe Biden.

alf/rco/sg/mar/bl/fp/tt

Notícias