PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Rússia irá fornecer medicamento contra covid-19 a Brasil e mais 16 países

Andrew Osborn

De Moscou (Rússia)

24/09/2020 11h13

O fundo soberano da Rússia e seu parceiro Chemrar fornecerão o medicamento Avifavir contra a covid-19 para mais 17 países, entre eles o Brasil, informou o fundo em um comunicado hoje.

O Avifavir obteve a aprovação do Ministério da Saúde russo em maio e é baseado na substância favipiravir, que foi desenvolvido no Japão e é amplamente usado como base para tratamentos virais.

Ensaios clínicos no Japão e na Rússia confirmaram a eficácia dos medicamentos, afirmou o Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF) em um comunicado.

A Rússia está se esforçando para assumir a liderança global na corrida contra o vírus. O país já está exportando seus testes de Covid-19 e fechou diversos acordou internacionais para o fornecimento de sua vacina Sputnik-5.

O Avifavir já foi entregue a Belarus, Bolívia, Cazaquistão, Quirguistão, Turcomenistão e Uzbequistão. Agora, o medicamento será enviado para Argentina, Bulgária, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, El Salvador, Honduras, Kuweit, Panamá, Paraguai, Arábia Saudita, Sérvia, Eslováquia, África do Sul, Emirados Árabes Unidos e Uruguai, de acordo com o RDIF.

Na semana passada, a Rússia aprovou o tratamento Coronavir, da R-Pharm, para pacientes ambulatoriais infectados leve a moderadamente com Covid-19, e a empresa afirmou que o medicamento antiviral poderia ser lançado nas farmácias do país ainda nesta semana.

O RDIF alegou que os medicamentos à base de favipiravir são três a quatro vezes mais baratos do que o remdesivir, outro tratamento que tem sido usado no combate à covid-19.

Notícias