PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Deputado argentino é suspenso da Câmara após beijar seio da mulher em vídeo

do UOL

Do UOL, em São Paulo

24/09/2020 20h19

O deputado Juan Emilio Ameri foi suspenso hoje de suas atividades na Câmara dos Deputados da Argentina por protagonizar um comportamento considerado inapropriado durante um debate por videoconferência.

Filiado ao partido Frente de Todos e representante nacional da província de Salta, Ameri participava de casa de uma discussão econômica dos deputados quando sua mulher se sentou em seu colo. O deputado acariciou a esposa, puxou parte da roupa dela e deu-lhe um beijo no seio.

Após a explanação de uma deputada a respeito do projeto discutido, o presidente da câmara local, Sergio Massa (Partido Justicialista) pediu a palavra para destacar o incidente. Foi Massa quem pediu a "suspensão imediata" de Ameri.

"Infelizmente, quero interromper o debate desta lei para apontar que (...) deu-se uma situação que nada tem a ver com o normal decoro e funcionamento desta casa", disse, segundo o jornal La Nación. "Hoje, vivemos uma situação que supera as regras de convivência e de normal funcionamento desta casa", acrescentou.

Após o pedido de suspensão, cinco deputados avaliaram rapidamente o caso e aprovaram o afastamento por 180 dias. Ameri, que se disse "muito envergonhado" com o caso, agora corre o risco de ter o mandato cassado.

"Estávamos em sessão e minha internet caiu. Minha esposa saiu do banheiro. Perguntei a ela como estavam as próteses, porque faz dez dias que passou por uma operação de implantes mamários", relatou, segundo o Clarín, alegando não ter percebido que estava novamente conectado. "Perguntei a ela se poderia dar um beijo e dei um beijo no peito dela. Nada mais do que isso", acrescentou, novamente desculpando-se.

Notícias