PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Seguranças de Bolsonaro expulsam equipe de jornalistas de evento, diz JN

Seguranças do Presidente Jair Bolsonaro teriam impedido jornalistas de cobrir evento - ADRIANO MACHADO
Seguranças do Presidente Jair Bolsonaro teriam impedido jornalistas de cobrir evento Imagem: ADRIANO MACHADO
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/09/2020 21h59

A equipe de jornalismo da emissora TV Centro América, filiada da Globo no estado de Mato Grosso, foi expulsa sob ameaça de prisão, durante a cobertura da visita do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no município de Sorriso. As informações foram divulgadas hoje à noite pelo Jornal Nacional.

Um dos compromissos do presidente na agenda de hoje no estado mato-grossense era em uma fazenda, em Sorriso.

Os jornalistas acompanharam o evento, mas um dos seguranças reconheceu a jornalista Mel Marizzi e o cinegrafista Idemar Marcatto como funcionários da emissora e chamou um major do Exército para expulsá-los.

Os dois profissionais foram conduzidos para fora da fazenda e impedidos de continuar o trabalho, relataram os apresentadores William Bonner e Renata Vasconcellos.

Notícias