PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Caixa libera saque da ajuda de R$ 600 para mais um grupo; veja quem recebe

do UOL

Do UOL, em São Paulo

17/09/2020 04h00

A partir desta quinta-feira (17), estão liberados novos saques e transferências do auxílio emergencial de R$ 600 para aniversariantes de dezembro. A pessoa poderá sacar a 4ª, a 3ª, a 2ª ou a 1ª parcela, dependendo da data em que teve o cadastro aprovado. Algumas pessoas podem sacar ou transferir duas parcelas acumuladas.

A parcela liberada hoje para saque e transferência faz parte do Ciclo 1 de pagamentos. Ela havia sido depositada em poupança digital da Caixa em 26 de agosto (veja mais abaixo todos os calendários de pagamento).

Saques e transferências também estão autorizados agora aos nascidos em dezembro que entraram no novo calendário em razão de uma das seguintes situações:

  • Contestou a negativa do auxílio entre 24 de abril e 19 de junho e teve o cadastro aprovado recentemente
  • Já tinha recebido parcelas do auxílio, mas teve o pagamento bloqueado em julho após reanálise cadastral

Hoje começa também o saque da 6ª parcela (a 1ª com valor de R$ 300) para quem é do Bolsa Família. Veja detalhes mais abaixo.

Autorização para saques e transferências (público geral)

A autorização para saques e transferências vale para quem se inscreveu pelo aplicativo ou site, ou que já estava no Cadastro Único mas não é beneficiário do Bolsa Família.

O dinheiro havia sido depositado em poupança digital da Caixa, mas só podia ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem (disponível para Android e iOS) para o pagamento de contas e boletos e compras por meio de cartão virtual.

A partir de hoje, aniversariantes de dezembro estão autorizados a sacar o que restou do saldo em agências da Caixa, lotéricas ou correspondentes Caixa Aqui. Também poderão transferir o saldo para outra conta.

Quem nasceu entre janeiro e setembro já teve a liberação em semanas anteriores e continua podendo sacar ou transferir a parcela da vez.

Dinheiro sumiu? Pode ser transferência automática

Se o que restava de saldo na poupança digital "desparecer", o dinheiro pode ter sido transferido automaticamente para outra conta pessoal (aquela indicada no momento do cadastro no auxílio emergencial).

Por isso, a Caixa orienta que as pessoas verifiquem o saldo do app Caixa Tem antes de se dirigirem a uma agência, lotérica ou correspondente Caixa Aqui.

1ª, 2ª, 3ª ou 4ª parcela?

A parcela do auxílio emergencial liberada hoje para saque ou transferência depende de quando o cadastro foi aprovado pelo governo, de acordo com o seguinte critério:

  • 1ª parcela: quem teve o cadastro aprovado em julho e não recebeu nenhum pagamento
  • 1ª parcela: quem contestou o cadastro entre 24 de abril e 19 de junho e foi aprovado depois disso
  • 2ª parcela: quem começou a receber o auxílio entre o final de junho e o começo de julho
  • 3ª parcela: quem começou a receber o auxílio em maio
  • 4ª parcela: quem começou a receber o auxílio em abril
Em agosto a Caixa também retomou os pagamentos para quem já havia recebido alguma parcela, teve o cadastro bloqueado em julho, e agora está desbloqueado. Esse grupo pode receber a 3ª ou a 4ª parcela.

Entenda o pagamento por ciclos

A Caixa chama de ciclo cada calendário em que todos os beneficiários do auxílio emergencial (exceto os do Bolsa Família) recebem pelo menos uma parcela, independente de qual seja. A cada ciclo há dois cronogramas, ambos levando em conta a data de nascimento do beneficiário —começa com os aniversariantes de janeiro e terminando com os de dezembro.

Na primeira etapa, o dinheiro é depositado em uma poupança digital da Caixa e, nesse caso, os valores podem ser usados apenas para pagamento de contas e boletos e para compras por meio de cartão virtual. É necessário usar o aplicativo Caixa Tem (disponível para Android e iOS). A segunda etapa é para o saque do auxílio ou para transferir o dinheiro a outra conta.

A liberação de hoje para nascidos em dezembro encerrou o Ciclo 1. Os depósitos do Ciclo 2 estão em andamento, confira:

Próximos ciclos de pagamento

A Caixa tem a previsão de mais dois ciclos de pagamento. São quatro no total. Eles valerão apenas para quem ainda tem parcelas a receber.

Pessoas que estão com pagamentos atrasados deverão receber dois ao mesmo tempo nos próximos ciclos. A ideia é que todos consigam receber cinco parcelas no máximo até 30 de novembro, quando acontece o último depósito em poupança digital no Ciclo 4.

A Caixa ainda não definiu o calendário de pagamento da prorrogação do auxílio emergencial, que terá até quatro parcelas de R$ 300.

Veja a seguir os cronogramas dos próximos pagamentos:

6ª parcela para inscritos no Bolsa Família

Beneficiários do Bolsa Família têm um cronograma próprio. Quem está no programa e preenche os requisitos para receber o auxílio emergencial não acumula os dois pagamentos. Recebe apenas o que for de maior valor.

A 6ª parcela do auxílio (a 1ª com valor reduzido para R$ 300) deve estar disponível para saque entre hoje (17) e o dia 30. A data depende do dígito final do NIS (Número de Identificação Social):

Os beneficiários podem sacar o dinheiro por meio do cartão do Programa Bolsa Família, Cartão Cidadão ou por crédito em conta da Caixa.

Notícias