PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Por que alguns carros vêm sem filtro de ar-condicionado e o que isso afeta

Thais Roland

Thais Roland é técnica em Manutenção Automotiva e apaixonada pela graxa. Com seu canal no YouTube 'Coisa de Meninos Nada', busca informar, orientar e dar suporte em relação a dúvidas e neuras sobre o mundo dos carros

do UOL

Colunista do UOL

15/09/2020 04h00

Pode parecer um pouco absurdo, mas não existe uma lei que obrigue os carros equipados com ar-condicionado a terem filtro de cabine. Então pode ser que você compre um carro zero km e ele venha sem a peça.

O ideal seria que todos os veículos com sistema de ventilação interna, com ou ser ar-condicionado, saíssem da fábrica com esse filtro, mas...

Nunca soube de um lugar que avisasse o comprador sobre a presença ou ausência do filtro, nem na entrega técnica, então é algo legal de você perguntar na hora da compra.

Claro que isso não será um item determinante na sua decisão, afinal de contas é só comprar e instalar o filtro depois. Ou negociar com a concessionária para te entregar o carro já com ele. Mas tem uma situação que acaba sendo bem delicada.

Alguns automóveis saem da fábrica sem o filtro e, normalmente na primeira revisão, o concessionário oferece a instalação. Porém, você ainda roda um tempão sem filtro e nem sabe. Outros carros não só saem da fábrica sem o filtro, como o lugar onde o filtro deveria ir vem fechado, lacrado.

Nesse caso, o mercado oferece filtros para você instalar, mas o buraco é mais embaixo. Como o compartimento do filtro existe, mas está fechado, temos que abri-lo? Cortar o plástico para criar oficialmente o compartimento?

Aí temos dois problemas.

O primeiro é que as concessionárias não farão isso para você. Cortar um pedaço da caixa de ar significa alterar as características de fábrica, e ninguém vai querer fazer isso dentro de uma autorizada.

A alternativa é procurar uma oficina independente para fazer a instalação. E nós fazemos, só que você vai depender do cuidado do mecânico para realizar a tarefa.

Eu já fiz isso. Não me lembro mais o modelo do carro porque faz tempo, mas cortamos o plástico da caixa de ar para abrir o compartimento e usamos esse pedaço para fazer um tipo de tampa para garantir a vedação. Mas já soube de casos em que o mecânico só corta, instala o filtro e deixa a caixinha aberta.

Na minha opinião, antes ter um filtro teoricamente adaptado do que ficar sem nada. Mas o que quero enfatizar na dica de hoje é que você precisa perguntar a respeito disso na hora da compra para não ser pego de surpresa ao fazer a revisão ou manutenção no sistema de ar-condicionado. O peso desse detalhe na compra do carro só depende de você, mas é importante se informar.

Só para constar: a ABRAVA, junto a um conjunto de empresas, dentre elas duas parceiras minhas, a Prieto Automobile e a INI Automotive, estão trabalhando em uma norma para submeter à ABNT para regulamentar essa questão do filtro e da manutenção, entre outros detalhes, que deixarão nossos pulmões um pouco mais felizes. Mas, por enquanto, esse é o cenário que temos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Notícias