PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Orçamento argentino projeta crescimento de 5,5% e inflação de 29% para 2021

15/09/2020 23h04

Buenos Aires, 16 Set 2020 (AFP) - O governo argentino apresentou nesta terça-feira (15) ao Congresso um projeto de orçamento para o ano que vem no qual estima um crescimento da economia de 5,5%, um déficit fiscal primário de 4,5% e uma inflação anual de 29%.

A análise projeta o valor da moeda argentina em 102,40 pesos por dólar americano em 2021. Atualmente, é de 79,36 pesos por dólar.

De acordo com o projeto, as prioridades estratégicas do orçamento serão a reativação produtiva, a geração de emprego, o fortalecimento das capacidades de inovação e o investimento em educação e saúde.

A economia argentina está em recessão desde 2018 e o Fundo Monetário Internacional (FMI) projeta em 9,9% a queda do PIB em 2020.

Pela primeira vez, a lei do orçamento também inclui um investimento para implementar políticas de gênero e diversidade com fundos projetados de 6,2 bilhões de pesos (cerca de 80 milhões de dólares ao câmbio atual).

O ministro da Economia, Martín Guzmán, apresentará aos deputados na próxima semana os detalhes do orçamento de 2021.

sa/gm/am

Notícias