PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Polônia entra em recessão pela primeira vez desde o fim do comunismo

Presidente da Polônia, Andrzej Duda, enfrenta uma crise econômica motivada pela pandemia -
Presidente da Polônia, Andrzej Duda, enfrenta uma crise econômica motivada pela pandemia

Da AFP, em Varsóvia

14/08/2020 06h53

A Polônia entrou oficialmente em recessão pela primeira vez desde o fim do comunismo, depois que o PIB (Produto Interno Bruto) registrou queda de 7,9% no segundo trimestre de 2020 em ritmo anual e de 8,9% na comparação com os três meses anteriores.

Os dados foram divulgados na primeira estimativa do Instituto Nacional de Estatísticas.

No primeiro trimestre, o PIB polonês caiu 0,4% na comparação com o período anterior e registrou alta de 1,6% em ritmo anual.

A estimativa para o segundo trimestre leva em consideração os efeitos da pandemia e as medidas governamentais destinadas a combater a covid-19, anunciou o instituto de estatísticas em um comunicado.

Com 38 milhões de habitantes, a Polônia é a maior economia da Europa Central e Leste.

O país, que registra um crescimento ininterrupto desde que virou uma economia de mercado há 30 anos, avançou 4,1% em 2019, após uma alta de 5,3% em 2018.

Notícias