PUBLICIDADE
Topo

Notícias

MP descarta terrorismo em ação na Catedral de Milão

12/08/2020 13h00

MILÃO, 12 AGO (ANSA) - Um homem de 26 anos foi preso após ter rendido um vigilante da Catedral de Milão, no norte da Itália, nesta quarta-feira (12).   

Segundo a polícia, o incidente ocorreu por volta de 13h (horário local) e durou alguns minutos. De acordo com uma primeira reconstrução, o homem estava sentado na escadaria do Duomo, mas se levantou e fugiu para dentro da catedral quando uma patrulha se aproximava para pedir seus documentos.   

Escondido perto do altar, o indivíduo foi abordado por um vigilante da igreja, mas o aguarda acabou surpreendido pelo homem, que o rendeu apontando uma faca contra seu pescoço.   

Policiais intervieram imediatamente e estabeleceram uma negociação para convencer o indivíduo a se entregar.   

No entanto, durante um instante de distração, os agentes conseguiram desarmá-lo e imobilizá-lo. Levado para uma delegacia, o homem disse ser de origem egípcia, mas nascido em Londres, no Reino Unido. A polícia confirmou que ele tem permissão de estadia na Itália desde 2010.   

As causas da ação ainda estão sendo investigadas, mas, até o momento, o Ministério Público descarta a linha de terrorismo.   

(ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Notícias