PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Pandemia provoca queda mais expressiva do emprego no Reino Unido desde 2009

Desde junho, 7,5 milhões de pessoas entraram no desemprego técnico no Reino Unido - Simon Dawson
Desde junho, 7,5 milhões de pessoas entraram no desemprego técnico no Reino Unido Imagem: Simon Dawson

Da AFP, em Londres

11/08/2020 06h58

O Reino Unido perdeu 730.000 empregados entre março e julho, a queda mais expressiva desde a crise financeira de 2009, e a pobreza aumentou devido à pandemia do novo coronavírus, anunciou nesta terça-feira o ONS (Instituto Nacional de Estatísticas britânico).

Ao mesmo tempo, de acordo com o ONS, a taxa de desemprego permaneceu em 3,9% no trimestre de abril a junho, próxima do menor nível em 45 anos.

Mais de 7,5 milhões de britânicos foram colocados em desemprego técnico em junho, para receber os subsídios do governo.

Estas pessoas estão, em tese, empregadas, embora não trabalhem. O número de pessoas em desemprego técnico subiu a mais de 9,3 milhões, anunciou o governo em julho.

Notícias