PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Ford Territory: prós e contras em comparação com Compass, Tiguan e Equinox

do UOL

Do UOL, em São Paulo (SP)

08/08/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Feito na China, SUV médio aposta em tecnologia e conteúdo para bater rivais
  • Territory tem mais itens de série que versões de topo de Compass e Tiguan
  • Equinox é mais potente do quarteto, enquanto Tiguan é único com 7 lugares

A Ford finalmente tem um representante no segmento de SUVs médios no Brasil.

O Territory vem direto da China para tentar conquistar espaço no segmento dominado pelo Jeep Compass, mas, antes disso, precisará superar concorrentes de peso, como VW Tiguan e Chevrolet Equinox, apenas para citar os principais.

Com bastante conteúdo e tecnologia, será que a novidade da Ford conseguirá desbancar a concorrência? UOL Carros lista a seguir os prós e contras do modelo frente aos seus rivais.

Preços e versões

Territory frente - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
SUV será importado da China e vendido nas versões SEL e Titanium
Imagem: Murilo Góes/UOL

A Ford importará o Territory em duas versões: SEL (R$ 165.900) e Titanium (R$ 187.900).

Na primeira configuração, os concorrentes são Jeep Compass Limited (R$ 159.990), VW Tiguan Comfortline (R$ 171.690) e Chevrolet Equinox Premier 1.5 (R$ 163.690).

Já na configuração topo de gama, a Ford aponta as mesmas versões de Compass e Tiguan, mas completas. A decisão acontece porque o Territory traz equipamentos oferecidos como opcionais nos dois rivais. Assim, o Jeep vai a R$ 172.690, enquanto o modelo da VW chega aos R$ 179.890.

Motorização e câmbio

Territory 2 - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Motor 1.5 turbo entrega 150 cv e é movido a gasolina
Imagem: Murilo Góes/UOL

Produzido pela JMC, o Territory é importado da China com um motor 1.5 turbo movido apenas a gasolina, que entrega 150 cv e 22,9 kgfm de torque máximo.

Diante da concorrência, ele é menos potente do que Equinox 1.5 turbo (172 cv, apenas a gasolina) e Compass 2.0 flex (166 cv / 159 cv) e empata com o Tiguan 250 TSI. No torque máximo, ele só ganha do modelo da Jeep, já que Equinox e Tiguan possuem 27,8 kgfm e 25,5 kgfm, respectivamente.

Nos números de aceleração 0 a 100 km/h, o Equinox vence fácil todos os concorrentes: são 9,2 segundos contra 11,5 segundos do Tiguan, 11,8 segundos do Territory e 11,9 segundos do Compass.

Bom lembrar também que o Territory é o único do quarteto com transmissão do tipo CVT, que no caso simula oito marchas.

Dimensões

Territory 4 - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Territory não é o maior da categoria, mas tem bom espaço interno
Imagem: Murilo Góes/UOL

Embora não seja o mais longo de todos (4.58 metros de comprimento, contra 4,70 metros de Tiguan, 4,65 metros de Equinox e 4,41 metros de Compass), o Territory tem uma boa distância entre eixos de 2,71 metros, é o mais largo do segmento (1,93 metro) e aproveita muito bem as dimensões do habitáculo. O resultado é um bom espaço interno para os passageiros, especialmente no banco de trás.

A capacidade do porta-malas é de 348 litros, só não sendo menor que a do Tiguan com sete lugares (216 litros). Caso o SUV da VW esteja com os bancos extras dobrados, sua capacidade pula para 686 litros.

Equipamentos

Territory 3 - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Cabine tem acabamento de qualidade muito boa e é bem equipada
Imagem: Murilo Góes/UOL

O Territory aposta na lista de itens de série para vender bem. As duas versões são bem equipadas, mas a Titanium traz itens presentes apenas nas versões mais caras de Compass e Tiguan (Limited e Série S no caso do Jeep e R-Line no VW), como piloto automático adaptativo e alerta de colisão frontal com frenagem autônoma.

Há também equipamentos exclusivos, como o sistema de câmera com visão em 360 graus, que mostra diversos ângulos do veículo na tela da central multimídia.

Notícias