PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Milhares declaram apoio à candidata opositora nas presidenciais em Belarus

06/08/2020 16h09

Minsk, Bielorrússia, 6 Ago 2020 (AFP) - Pelo menos cinco mil pessoas se manifestaram nesta quinta-feira (6) em Minsk em apoio à candidata Svetlana Tikhanovskaya, principal adversária do presidente Alexandre Lukashenko, às eleições presidenciais de domingo.

Segundo uma jornalista da AFP no local, a multidão se concentrou na praça Kievski, ao norte da capital bielo-russa, apesar dos esforços das autoridades para impedir que os manifestantes se reunissem. "Mudança", gritavam alguns.

Mais cedo, a chefe de campanha da candidata à Presidência foi detida por alguns minutos, anunciou a equipe de Tikhanovskaya.

Maria Moroz foi detida por "agentes do ministério do Interior", mas pouco depois foi liberada, informou a fonte.

O ministério afirmou à AFP que Moroz tinha sido "convidada para uma conversa" e negou a tentativa de deter a chefe de campanha de Tikhanovskaya.

Desde o início do ano, após uma mobilização inesperada a favor da oposição, as autoridades bielo-russas multiplicaram as operações contra os rivais de Lukashenko, de 65 anos, no poder há 26.

Dois potenciais candidatos às eleições presidenciais de 9 de agosto foram detidos e levaram Svetlana Tikhanovskaya, a esposa de um deles, a assumir seu lugar.

Sua candidatura conseguiu unificar todos os críticos do chefe de Estado de Belarus e conseguiu reunir milhares de pessoas em seus comícios, algo que nunca havia sido registrado.

Lukashenko denunciou um complô entre opositores e mercenários russos para cometer um "massacre", tentar desestabilizar o país e tomar o poder.

tk-alf/apo/lb/pc/mar/fp/mvv

Notícias