PUBLICIDADE
Topo

Notícias

UE enviará bombeiros e equipamentos para ajudar Beirute

05/08/2020 08h53

BRUXELAS, 5 AGO (ANSA) - A União Europeia informou nesta quarta-feira (05) que o governo do Líbano fez um pedido formal de ajuda por conta das explosões que atingiram a área portuária de Beirute e que o bloco está enviando "urgentemente" equipes e equipamentos para o local.   

"A UE ativou o mecanismo de defesa civil na sequência do pedido das autoridades libanesas, e coordenará o envio urgente de 100 bombeiros altamente qualificados, com veículos, cães e equipamentos especializados na busca e salvamento em áreas urbanas. Trabalharemos com as autoridades libanesas para salvar vidas", informou o comissário europeu para Gestão de Crises, Janez Lenarcic.   

Segundo o representante, "Países Baixos, Grécia e República Tcheca já confirmaram sua participação, e França, Polônia e Alemanha já ofereceram assistência".   

Os franceses, inclusive, tinham oferecido esse tipo de ajuda logo após o incidente. Para mostrar sua proximidade, o presidente do país, Emmanuel Macron, anunciou que fará uma viagem para Beirute já nesta quinta-feira (06) para se reunir com políticos locais e debater a gestão da crise.   

Até o momento, a Cruz Vermelha do Líbano informou que "há mais de 100 mortos e quatro mil feridos" após as explosões. A mídia do país fala em cerca de 100 desaparecidos, número que não foi confirmado pelas autoridades.   

Há ainda 300 mil desabrigados na capital libanesa e os prejuízos financeiros serão de, no mínimo, de US$ 3 bilhões (cerca de R$ 15,8 bilhões). (ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Notícias